Topo

Futebol


Criciúma demite Deivid após 3 derrotas seguidas. Clube já tem novo técnico

Deivid foi contratado pelo Criciúma em dezembro do ano passado - CELSO PUPO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Deivid foi contratado pelo Criciúma em dezembro do ano passado Imagem: CELSO PUPO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em Santos (SP)

30/05/2017 19h39Atualizada em 30/05/2017 19h51

As três derrotas em três jogos do Criciúma na Série B custaram caro ao técnico Deivid, que teve sua demissão confirmada nesta terça-feira (30) pelo clube catarinense. Luís Carlos Winck, 54 anos, deve ser apresentado na quarta como o novo treinador do time.

Este foi o segundo clube na carreira de Deivid como técnico. Antes, ele tinha comandado o Cruzeiro, time do qual foi demitido em abril de 2016, após eliminação no Campeonato Mineiro.

Luís Carlos Winck, ex-lateral de Internacional, Grêmio e com passagem pela seleção brasileira, treinou o Caxias no Campeonato Gaúcho. Ele se acertou com a diretoria do Criciúma pouco depois da demissão de Devid.

Winck levou o Caxiasaté a semifinal do Gauchão deste ano. Antes, passou pelo Lajeadense, onde foi campeão da Recopa Gaúcha, e Pelotas. A carreira como técnico começou em 2004.

O Criciúma é o lanterna da Série B com nenhum ponto somado até aqui. O time volta a campo nesta sábado, quando visita o Luverdense na Arena Pantanal, às 16h30.

Veja o comunicado do Criciúma:

O Criciúma Esporte Clube comunica o desligamento do executivo de futebol Gabriel Skinner e do técnico Deivid, com sua respectiva comissão técnica.

O clube agradece aos profissionais pela dedicação durante todo o período a serviço do Criciúma e deseja sucesso nos próximos desafios.

Mais Futebol