PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dragões leva a melhor sobre rivais no "Carnaval do Futebol" de São Paulo

Carro "A Roda Viva de Zé Celso", da Mancha Verde, homenageia o diretor de teatro e a peça que se tornou símbolo de resistência a ditadura - Ale Vianna/Eleven/Estadão Conteúdo - Ale Vianna/Eleven/Estadão Conteúdo
Imagem: Ale Vianna/Eleven/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

28/02/2017 18h03

A Dragões da Real chegou muito perto de conquistar o título do grupo especial do Carnaval de São Paulo. Na última nota, a escola ligada à torcida organizada do São Paulo foi ultrapassada pelo Acadêmicos do Tatuapé, e encerrou a apuração na segunda colocação.

Mesmo sem o título, a Dragões ficou à frente de suas outras concorrentes no futebol. Além dela, Gaviões da Fiel (Corinthians) e Mancha Verde (Palmeiras) têm ligações com times de futebol. A Gaviões, inclusive, é a única torcida organizada a já ter vencido o Carnaval paulista. Eles são tetracampeões: 1995, 1999, 2002 e 2003.

Desfile da Escola Dragões da Real - Fabio H. Mendes/Folhapress - Fabio H. Mendes/Folhapress
Imagem: Fabio H. Mendes/Folhapress

Quinta escola a entrar na avenida no segundo dia de desfiles, a Dragões da Real trouxe para o Anhembi uma homenagem à Asa Branca, de Luiz Gonzaga. Com o tema “Dragões canta Asa Branca”, a torcida organizada do São Paulo imprimiu o sertão em suas alegorias e fantasias.

Tetracampeã do Carnaval paulista, a Gaviões terminou a apuração desta terça-feira com uma nota geral de 268,8, na nona colocação. Com o tema “Com as mãos e a garra de um povo sonhador, surge o contraste de uma nova metrópole - Sampa, lugar de sonhos, oportunidades e esperança”, a Gaviões falou sobre os migrantes que chegam a São Paulo.

24.fev.2017 - Gaviões da Fiel apresenta o enredo "Com as mãos e a garra do povo sonhador, surge o contraste de uma nova metrópole - Sampa, lugar de sonhos, oportunidades e esperança" - Alexandre Schneider/UOL - Alexandre Schneider/UOL
Imagem: Alexandre Schneider/UOL

A escola, porém, teve um problema durante o desfile. Madrinha da Gaviões da Fiel, a apresentadora Sabrina Sato se atrasou e acabou desfilando sem parte da fantasia.

Torcida organizada do Palmeiras, a Mancha Verde acabou na 10ª posição, com 268,7 pontos. A escola alviverde foi à avenida com o enredo “Zé do Brasil, um nome e muitas histórias”, homenageando o nome mais popular do país e seus representantes desde a religião até o mundo artístico e da cultura popular.

Futebol