PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após "gol de Messi", juvenil gera expectativa sobre novo fenômeno no Barça

Jordi Mboula (centro) defende as categorias de base do Barcelona desde os 11 anos  - Reprodução - Reprodução
Jordi Mboula (centro) defende as categorias de base do Barcelona desde os 11 anos
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

24/02/2017 04h00

Quando um jovem desconhecido faz um gol em uma jogada desconcertante como esta acima, vestindo a camisa do Barcelona, o mundo do futebol prende a respiração. A base que neste século revelou craques como Messi, Iniesta, Xavi e Fàbregas pretende continuar como uma fábrica prolífica, quem sabe, lançando nos próximos meses Jordi Mboula ao profissionalismo.

Na última quarta-feira, o jovem atacante de 17 anos marcou um golaço na vitória do Barcelona sobre o Borussia Dortmund por 4 a 1, em confronto de oitavas de final da Liga Juvenil da Uefa. Na jogada em questão, Mboula girou de costas na frente de um marcador, arrancou com velocidade junto à lateral e passou no meio de dois adversários antes de anotar um gol desses que Messi poderia perfeitamente assinar.

"Um golaço de Mboula, que vai dar a volta ao mundo", disparou o narrador de uma TV espanhola, que acompanhava a partida no Mini Estadi, campo de 15 mil lugares usado pelos times juvenis do Barcelona.

Quem é Jordi Mboula

Nascido em Granollers em 1999, Jordi Mboula Queralt é atacante do time Juvenil A do Barcelona. Filho de pai congolês e mãe espanhola, o atacante integra as famosas categorias de base do clube desde os 11 anos.  

Mboula completa 18 anos em março de 2017 e em breve pode ser alçado ao Barcelona B, a última etapa antes de ir ao elenco principal. No entanto, o promissor ponta direita já chegou a treinar com o time de cima, quando Iniesta e Rafinha se machucaram, para completar o número de atletas em atividades específicas. O contrato do camisa 7 do Juvenil A com o clube expira em junho de 2018.

Paralelamente, Jordi Mboula também defende as categorias de base da seleção espanhola. O jogador do Barcelona participou do Europeu Sub-17 no Azerbaijão, em 2016, e atualmente tem sido convocado para compromissos da equipe Sub-19 do país.

Comparado a Thierry Henry na base

Apesar das referências internas como Messi, Neymar e Suárez, Jordi Mboula é frequentemente comparado ao francês Thierry Henry na base do Barcelona. Tudo em razão de sua característica de arrancadas junto às laterais do campo, que mesclam aceleração e pausas bruscas com a bola nos pés. 

Com este estilo, Mboula tem aparecido com destaque em jogadas de mano a mano, com gols e boas participações em jogadas. No entanto, o jovem de 17 anos tem a reputação de ser um projeto de craque de instantes efêmeros. Apesar de lances impressionantes, o garoto costuma se desconectar das partidas em muitos momentos. 

Futebol