PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Tribunal rejeita recursos de Barcelona, Santos e família em caso DIS

AFP PHOTO/ JAVIER SORIANO
Imagem: AFP PHOTO/ JAVIER SORIANO

Do UOL, em São Paulo

20/02/2017 09h35

O Tribunal Penal da Audiência Nacional da Espanha recusou os recursos impostos pelo Barcelona, Santos, a mãe do atleta e a empresa N&N depois de o juiz De la Mata ordenar a abertura de juízo oral pela demanda apresentada pela DIS referente à transferência do jogador ao clube espanhol.

A sentença da audiência é definitiva e não cabe mais recurso, assim que todas as partes irão ao banco dos réus. Ainda faltam ser resolvidos os recursos apresentados pelo próprio Neymar e pelo presidente do Barcelona, Josep Maria Bartoméu. Uma resposta sairá nos próximos dias. Assim que haja uma definição, será marcada a data do julgamento, que deverá ocorrer ainda em 2017.

Na decisão, a Audiência assinala os argumentos pelo que se mantém a acusação sobre a mãe de Neymar, processada pelo delito de corrupção.

Para o tribunal espanhol, os argumentos expostos por Neymar em seu recurso deverão ser esclarecidos no julgamento já que é indiscutível a "assinatura do próprio jogador nos contratos" investigados.

O principal argumento de Neymar é que ele se manteve fora do negócio e que, desde o tempo em que era menor até alcançar a maioridade "se dedicou exclusivamente a jogar futebol, depositando a sua confiança absoluta e cega em seu pai, para qualquer outro aspecto".

Os juízes consideraram que o argumento é semelhante ao de Leonel Messi, em outro processo, recordando que ele foi julgado e condenado a 21 meses de prisão e a pagar 2 milhões de euros por fraude fiscal. Com a decisão, o tribunal acata a denúncia do grupo brasileiro de investidores DIS, que afirma ter havido fraude no negócio.

O grupo de investidores se considera lesado por supostamente não ter recebido a quantia que lhe cabia da transação envolvendo o atleta. O grupo disse que deveria ter obtido 40% de todos os valores pagos na transferência de Neymar, mas que parte do dinheiro teria sido ocultada.

 

Futebol