PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sogro de Bale é condenado a seis anos de prisão por golpes nos EUA

Pai de Emma Rhys-Jones foi condenado a seis anos de prisão nos Estados Unidos - REUTERS/Sergio Perez
Pai de Emma Rhys-Jones foi condenado a seis anos de prisão nos Estados Unidos Imagem: REUTERS/Sergio Perez

Do UOL, em São Paulo

30/08/2016 09h32

O sogro do atacante Gareth Bale, Martin Rhys-Jones, foi condenado a seis anos de prisão nos Estados Unidos após lucrar cerca de 2,6 milhões de euros (R$ 9,3 milhões) com golpes financeiros.

Segundo o jornal britânico “The Mirror”, Martin Rhys-Jones vendia ações a um preço elevado quando, na verdade, elas não tinham nenhum valor de mercado. O golpista enganou cerca de 250 pessoas na Inglaterra, Estados Unidos e Canadá, sendo que algumas das vítimas sofriam de mal de Alzheimer.

A condenação aconteceu nos Estados Unidos por parte do dinheiro ter sido destinado a uma conta em Nova York antes de ser transferida para outras contas em diversos países. Além da prisão, Jones também deverá devolver o dinheiro para as vítimas.

“Martin Rhys-Jones estava motivado pela cobiça e pelo interesse próprio, sem levar em conta as pessoas que lesava”, declarou a juíza Elizabeth Wolford, responsável por julgar o caso nos Estados Unidos.

Futebol