PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rescisão de Ceará com Coritiba sai no BID; lateral fará tratamento no Inter

Lateral direito iniciará tratamento de lesão na coxa nas dependências do Inter - Divulgação/Coritiba
Lateral direito iniciará tratamento de lesão na coxa nas dependências do Inter Imagem: Divulgação/Coritiba

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

03/08/2016 15h44

Ceará está legalmente sem clube. Nesta quarta-feira (3), a rescisão do lateral direito com o Coritiba foi publicada no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. Com futuro indefinido, após apresentar lesão e ver a transferência para o Inter cair, o jogador seguirá em Porto Alegre para iniciar tratamento fisioterápico.

Com lesão no músculo adutor da coxa, Ceará deve ficar pelo menos até sexta-feira na capital gaúcha. O período também servirá para jogador, Inter e Coritiba avançarem em acordo para desistência da transferência.

O Inter desistiu do negócio após diagnosticar a lesão no exame médico, realizado na terça-feira à tarde. De acordo com o clube gaúcho, o problema muscular demanda mais de duas semanas de recuperação. O período parado afeta os planos do Colorado, que queria contar com o jogador imediatamente – para suprir a ausência de William.

O Coritiba afirmou, em nota oficial, que não pretende aceitar o retorno do jogador. De acordo com o time paranaense, o atleta foi liberado para se transferir e a rescisão foi concedida – ato confirmado pelo sistema da CBF. O Inter assegura que não terá ônus, por conta do exame apontar lesão e impedir acordo dentro dos termos desejados.

Ceará e seu estafe decidiram não se manifestar, até segunda ordem, sobre o caso. Aos 36 anos, o lateral direito tinha contrato válido até dezembro com o Coritiba. O Inter propôs vínculo de um ano.

Futebol