PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ex-Chelsea, Felipão alerta novo treinador do time a suportar pressão

Técnico em 2008 do Chelsea, Felipão avisa que técnicos têm vida curta no clube - Liu Dawei/Xinhua
Técnico em 2008 do Chelsea, Felipão avisa que técnicos têm vida curta no clube Imagem: Liu Dawei/Xinhua

Do UOL, em São Paulo

17/04/2016 13h55

Luiz Felipe Scolari chegou em alta ao Chelsea, em 2008, após resultados expressivos com as seleções brasileira e portuguesa. Mas Felipão durou apenas sete meses à frente do time londrino. Em entrevista ao jornal The Sun, o técnico reiterou seu descontentamento com a política no Chelsea e fez um alerta pessimista ao futuro treinador do time, Antonio Conte.

“Toda experiência que um treinador adquire em países como Itália, Portuga, Espanha, Brasil, Alemanha e França de nada valerão na Inglaterra”, destacou Felipão.

“Você pode ganhar uma Copa do Mundo, ser campeão da Europa ou ser o melhor treinador do planeta. Mas isso não prepara ninguém para um trabalho no Chelsea”.

Conte assumirá o Chelsea no começo do segundo semestre.

Felipão já adiantou que um treinador do Chelsea tem de se acostumar a sofre ingerência do patrão da equipe, Roman Abramovich. A cobrança vinda da diretoria é enorme, e os resultados têm de ser imediatos.

“Suas conquistas como treinador não contam quando você está lá, pois têm que ganhar imediatamente”.

Desde a saída de Felipão, o Chelsea vários treinadores passaram pelo clube, com média de um ano de duração por comando. A última vítima foi José Mourinho, demitido no começo da temporada.

“Quando você vê um treinador tão bem sucedido e inteligente como o Mourinho perder o seu emprego, você já tem uma ideia de como é difícil treinar lá”.

Futebol