PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico alemão dos EUA detona MLS: falta competência e calendário é ruim

AFP PHOTO /ADRIAN DENNIS
Imagem: AFP PHOTO /ADRIAN DENNIS

Do UOL, em São Paulo

05/09/2015 11h03

Jurgen Klinsmann parece que é um dos poucos que não está tão empolgado com o crescimento da liga dos Estados Unidos. Mesmo as contratações de estrelas como Kaká, Gerrard e Pirlo, o técnico alemão da seleção norte-americana diz que o futebol local ainda está abaixo das grandes ligas da Europa.

"Quando você joga o Campeonato Inglês ou Alemão, vocês tem que estar ligado o tempo todo. Na Europa, se alguém não começa como titular, eu sei que ele está sendo cobrado toda semana pelo seu time. Os times aqui não têm essa competência para cobrar os jogadores. Aí é mais difícil colocar jogadores na seleção ou barrar quem tem os maiores salários", criticou Klinsmann, em entrevista ao The Washington Post.

Outro problema da MLS apontado pelo campeão da Copa do Mundo de 1990 é o calendário. Além de ter longos períodos sem jogos durante o ano, a competição não é interrompida para realização de jogos da seleção - assim como acontece no Brasil. Por conta disso, Klinsmann não terá um dos seus principais jogadores, Bradley, nos amistosos contra Brasil e Peru.

"É perder de um lado ou perder de outro. Jogadores que ficam neste meio acabam ficando em uma situação desconfortável. Eles querem jogar pelo clube e pela seleção. Eles querem fazer seu trabalho. Isso está melhorando, mas ainda está longe do ideal", chiou.

Futebol