PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Comissão técnica do Atlético-MG mostra confiança com sequência de Guilherme

Comissão técnica do Atlético não está preocupada com sequência de jogos de Guilherme - Douglas Magno/AFP
Comissão técnica do Atlético não está preocupada com sequência de jogos de Guilherme Imagem: Douglas Magno/AFP

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

25/04/2015 06h00

Titular do Atlético-MG contra o Colo-Colo e com a escalação confirmada diante da Caldense, o meia Guilherme vai disputar sua sexta partida consecutiva desde que retornou de lesão na temporada 2015. Apesar da sequência de jogos, alternados entre o meio de semana e os domingos, o jogador está muito bem, informa a comissão técnica alvinegra.

Em função do vasto histórico de lesões, Guilherme recebe uma atenção especial na Cidade do Galo. Além do exame de sangue que ajuda a detectar a possibilidade de lesão, a conversa com o atleta é o outro recurso usado por fisioterapeutas, fisiologista, médicos e até o técnico Levir Culpi. Todos conversam com Guilherme, para saber a real condição o meia, para que ele não sofra novamente algum tipo de problema muscular.

Desde que retornou aos gramados, no triunfo por 2 a 0 sobre o Santa Fe, Guilherme esteve em campo por 270 minutos em cinco jogos. Apenas no primeiro clássico com o Cruzeiro, pela semifinal do Campeonato Mineiro, ele atuou durante os 90 minutos. Mesmo assim, era algo que não estava programado. Como Lucas Pratto foi poupado no duelo e Leonardo Silva expulso no segundo tempo, Guilherme teve de jogar durante todo o tempo.

Já na vitória sobre o Colo-Colo, na última quarta-feira, ele quase jogou os 90 minutos. Guilherme acabou substituído aos 44 minutos da etapa final, quando deu lugar a Eduardo. Foram cinco jogos em 19 dias, mas nem por isso Guilherme vai ficar fora da primeira partida da decisão do Estadual, contra a Caldense.

O camisa 17 foi titular no treino de sexta-feira e está confirmado por Levir Culpi na formação inicial. Aliás, é o treinador do Atlético que informa que o jogador está muito bem e preparado para uma boa sequência de jogos.

“A gente conhece o atleta, a gente conhece a condição, a capacidade e está sempre conversando com os fisiologistas, com os médicos e com ele, especialmente. Nesse momento eu posso adiantar que ele está bem e Deus queira que ele tenha uma continuidade, porque é bom de vê-lo jogar e a gente gostaria de contar com ele em todos os jogos”.

Passado o primeiro duelo com a equipe de Poços de Caldas, Guilherme vai ter um tempo para descansar, recuperar e se preparar para os desafios seguintes. Como o Atlético não tem nenhum compromisso entre os jogos com a Caldense, o elenco alvinegro vai ter uma semana cheia de treinamentos para ajustar o que falta, visando a partida final do Mineiro, os confrontos com o Internacional pela Libertadores e o começo do Campeonato Brasileiro.

Futebol