PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Saiba por que Real Madrid e Palmeiras atrapalham ida de Damião ao Cruzeiro

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

11/12/2014 17h24

A contratação do atacante Leandro Damião, do Santos, segue como uma das prioridades do Cruzeiro para reforçar o elenco em 2015. No entanto, a transação está "congelada" no momento devido a outras prioridades do clube mineiro. Entre elas, a possível transferência do volante Lucas Silva para o Real Madrid, da Espanha, e a saída do diretor de futebol, Alexandre Mattos, que deve trabalhar no Palmeiras a partir do dia 1º de janeiro.

O UOL Esporte apurou que o diretor do Cruzeiro viajou para Madri nesta quarta-feira para conversar pessoalmente com os dirigentes do Real sobre a venda de Lucas Silva e, por isso, não pôde continuar as tratativas com o empresário Renato Duprat, representante no Brasil do grupo de investidores Doyen Sports, detentor dos direitos econômicos do jogador.

Duprat deixou de levar a última proposta do Cruzeiro ao Santos. O clube mineiro ficou assustado com o ordenado do jogador e propôs ao clube da Baixada a divisão do salário de Damião, que recebe cerca de R$ 700 mil, somando direitos de imagem e luvas. Cada clube desembolsaria R$ 350 mil mensais. Em troca, o Santos receberia uma porcentagem no lucro da venda caso o jogador seja negociado com o futebol europeu.

Alexandre Mattos segue à frente de todas as negociações do Cruzeiro. O dirigente quer deixar o clube no próximo dia 31 com o planejamento de 2015 pronto para seu substituto. Segundo ele, o novo dirigente precisará fazer apenas ajustes no grupo celeste.

"O planejamento começou lá trás, o planejamento de 2015 passou por 2012, 2013. O Cruzeiro bebe água limpa muitas vezes por isso. O planejamento está pronto e por isso vou ficar até o final do ano para poder concluir o trabalho", afirmou Mattos.

As conversas entre Palmeiras e Alexandre Mattos também atrapalharam as negociações do Cruzeiro para a contratação de Damião nos últimos dias. Isso porque o dirigente está sobrecarregado em definir parte do planejamento do Cruzeiro e, ao mesmo tempo, estudar as ofertas do clube de Palestra Itália.

Além de Real Madrid e Palmeiras, a ida de Damião ao Cruzeiro também está condicionada ao resultado das eleições à presidência do Santos, remarcada para o próximo sábado, após suspeita de fraude na semana passada. O candidato da atual diretoria, Nabil Khaznadar, já conversou com Duprat e deu "carta branca" para o investidor negociar Damião. As transações devem evoluir caso Nabil vença o pleito.

Em contrapartida, no caso de vitória de Modesto Roma, Fernando Silva, José Carlos Peres ou Orlando Rollo, a contratação corre o risco de não ocorrer. Os três primeiros falam em recuperar o centroavante, enquanto Rollo espera negociá-lo para "amenizar o prejuízo".

Leandro Damião
Leandro Damião
$escape.getHash()uolbr_tagAlbumEmbed('tagalbum','48921', '')

Futebol