PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG anuncia acordo e terá dinheiro da venda de Bernard liberado

Do UOL, em Belo Horizonte

25/08/2014 20h24

Depois de várias tentativas de refinanciamento de dívida, o Atlético-MG finalmente chegou a um acordo com a Fazenda Nacional e entrou para o Refis, programa de parcelamento das dívidas do governo federal. O clube mineiro reduziu as dívidas de R$ 270 milhões para R$ 190 milhões e terá 15 anos para efetuar o pagamento.

Segundo a assessoria de imprensa do clube, a proposta feita pelo Atlético e aceita pelo governo foi de dar R$ 25 milhões dos R$ 37 milhões ainda retidos na Fazenda Nacional referentes à venda de Bernard para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e pagar o restante em 180 meses.

O abatimento de R$ 80 milhões da dívida pela negociação inclui juros e correções monetárias. Dessa forma, R$ 12 milhões deverão ser liberados para o Atlético nos próximos dias e irá permitir o clube colocar as contas em ordem, já que vem sofrendo com constante atraso de salários.

A novela envolvendo o dinheiro do Bernard se arrastava há um ano. O jogador foi vendido para o Shakhtar em agosto de 2013, por 25 milhões de euros, ou R$ 77 milhões, e neste período chegou até a disputar a Copa do Mundo.

O Atlético travou várias batalhas judiciais e negociações com o governo para tentar liberar a verba durante os últimos 12 meses e passou a conviver com diversos problemas financeiros.

A expectativa é que com a solução do caso o clube equalize as finanças, mesmo tendo que desembolsar cerca de R$ 11 milhões por ano para pagar as dívidas ao governo federal.

Futebol