PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Presidente diz que Ney avalia reforços e pede calma por novo diretor no Fla

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

15/05/2014 13h10

Presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello está tranquilo em meio ao turbilhão enfrentado nos bastidores após a demissão do técnico Jayme de Almeida e a contratação de Ney Franco. O mandatário passou ao novo treinador a avaliação sobre a necessidade de reforços e demonstrou calma para a contratação de um novo diretor executivo.

“Acredito que o elenco precise de alguns nomes, mas vamos aguardar a avaliação do Ney Franco. Só iremos atrás depois que ele disser as nossas necessidades. E não vamos iludir a torcida. Não posso prometer nada. Volto a falar: contrataremos nomes que estão dentro da nossa realidade financeira”, afirmou, durante um evento com participação de Pelé, nesta quinta-feira, em um shopping da zona oeste do Rio de Janeiro.

Para a vaga de Paulo Pelaipe, o Rubro-negro estuda nomes como os de Rodrigo Caetano, Felipe Ximenes e Alexandre Mattos no cargo de diretor executivo. Entretanto, o posto só deve ser ocupado durante a pausa para a disputa da Copa do Mundo.

“Estamos avaliando e pensando bastante nas possibilidades. Mas não falamos em nomes ou conversamos com alguém. Não temos qualquer tipo de pressa no momento”, comentou Bandeira.

Por fim, o presidente aproveitou para afastar os boatos de enfraquecimento do vice de futebol Wallim Vasconcellos. Nos bastidores da Gávea, comentários de que o mesmo seria substituído por Plínio Serpa Pinto aumentaram consideravelmente nos últimos dias.

“Não há chance de o Wallim deixar o comando do futebol. As mudanças sempre podem ocorrer em qualquer lugar, mas asseguro que não temos nenhuma ideia de mudar algo agora”, encerrou.

NEY FRANCO NEGA ACERTO COM O FLA ANTES DA SAÍDA DE JAYME

Futebol