PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Velho jogando dá nisso", diz Palhinha ao sofrer lesão no Itaquerão

Vanderlei Lima

Do UOL, em São Paulo

12/05/2014 16h58

Após contusão sofrida em jogo amistoso que marcou a inauguração do Itaquerão, no último fim de semana, o ex-jogador Palhinha realizará uma cirurgia no úmero do ombro esquerdo, nesta terça-feira, no Hospital São Luiz.

Ele esteve sábado no Itaquerão para participar de um evento teste do estádio que receberá a abertura da Copa. Foram disputadas seis partidas envolvendo jogadores que marcaram a história do time. 

O jogador disse que deve colocar uma platina no ombro e mesmo com o acidente evitou lamentar o ocorrido na festa corintiana. A infelicidade ocorreu justamente em um lance que rendeu o primeiro gol do estádio. A falta sofrida por Palhinha (convertida pelo ex-lateral Hiran )gerou o pênalti que foi convertido por Rivelino e que foi o primeiro gol da nova arena.

“Vou colocar uma platina no ombro esquerdo. Eu ia fazer o gol naquele lance lá. Seria uma emoção  muito grande. Mas, em compensação, o pênalti foi em cima de mim e valeu pelo calor humano que fui recebido lá; foi fantástico. Fico muito feliz. As pessoas velhas vão jogar futebol e dá nisso”, comentou.

Palhinha, de 63 anos, foi campeão paulista de 1977 e 1979 pelo Corinthians e não é aquele que atuou no São Paulo na década de 90.

Ele ainda lembrou que em uma das partidas decisivas do título Paulista de 1977 (no primeiro jogo da final da melhor de três contra a Ponte Preta), havia marcado um gol em que a bola bateu muito forte na sua face. “Foi gol de rosto, nariz, face, não sei. Mas tudo bem, é só alegria em relação a todo o calor da torcida.”

Palhinha chegou ao Corinthians em 1977 credenciado do Cruzeiro, onde vencera a Libertadores no ano anterior. A transação envolveu US$ 1 milhão, o maior valor pago por um jogador brasileiro até aquele momento. Palhinha repetiu a dose em 1979, quando ganhou mais um estadual pelo Corinthians.

Com este currículo, foi convidado para a festa corintiana. No lance que gerou o pênalti, Palhinha invadiu a área e caiu. O árbitro apontou a marca de pênalti e ele ficou caído no gramado esperando atendimento médico. Os indícios de que a lesão era séria apareceram quando foi preciso imobilizar o ex-jogador ao ser retirado do campo.

Futebol