PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pepe lembra 1º jogo de Eusébio contra Santos de Pelé: "ele fez três gols"

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

06/01/2014 06h00

O Santos de Pelé, que contava com Mengálvio, Zito, Dorval, Coutinho e Pepe, era praticamente imbatível. No entanto, os santistas respeitavam demais o Benfica, de Portugal, principalmente pela presença de Eusébio em campo. Pepe, ex-ponta esquerda do Santos e da seleção brasileira, não esquece a primeira vez que enfrentou o ídolo português, que morreu por causa de uma parada cardiorrespiratória no último domingo.

A primeira partida entre o Santos de Pelé e o Benfica de Eusébio ocorreu pelo Torneio de Paris na década de 60. Na ocasião, o meia português marcou três gols na equipe santista. Antes da partida, os craques brasileiros já haviam sido alertados sobre a capacidade de Eusébio.

“Lembro da primeira vez que enfrentamos o Eusébio. Deve ter sido uma das primeiras partidas dele como profissional pelo Benfica. Era um jogo válido pelo Torneio de Paris. Quando começou o segundo tempo, nós já ganhávamos de 5 a 0. O Eusébio entrou no jogo e marcou três gols no nosso time. A partida terminou 6 a 3 para o Santos, mas já tinham avisado que um menino de Moçambique jogava muito e para nós tomarmos cuidado com ele”, afirmou Pepe.

“Enfrentei o Eusébio diversas vezes, não só defendendo o Santos, mas também entre seleções de Brasil e Portugal. Ele era muito rápido, chutado muito bem com as duas pernas, fazia muitos gols. Respeitávamos demais o futebol dele”, completou.

Apesar de exaltar o craque que morreu no domingo, o ex-ponta esquerda do Santos prefere não opinar se Eusébio é melhor do que Cristiano Ronaldo, o principal ídolo do futebol português nos últimos anos e a grande esperança da seleção de Portugal na Copa do Mundo do Brasil neste ano.

“É o maior jogador da história do futebol português. O Cristiano Ronaldo joga muito também, e tem que resolver até sozinho, por isso, não vou fazer comparações”, disse Pepe.

Eusébio, que completaria 72 anos no próximo dia 25, não resistiu a uma parada cardiorrespiratória na madrugada deste domingo.O antigo atacante do Benfica morreu em Lisboa, capital do país, às 4h30 da manhã do horário local (2h30 de Brasília).

Veja lances e gols de Eusébio, o "Pantera Negra"

 

 

Conhecido como a "Pantera Negra" pelos portugueses, Eusébio já vinha tendo alguns outros problemas de saúde desde 2012, quando foi internado no Hospital da Luz, em Lisboa, após ter sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Apesar de ser um ídolo de Portugal, Eusébio nasceu em Moçambique, em Lourenço Marques (atual Maputo), quando o local ainda era uma colônia do país europeu.

Eusébio fez carreira no Benfica, um dos times mais tradicionais do país. O atacante defendeu as cores do time de Lisboa durante 15 anos e disputou mais de 600 jogos, tendo feito também mais de 600 gols.

Futebol