PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Walcott provoca torcida do Tottenham e é atingido por chuva de moedas

Do UOL, em São Paulo

04/01/2014 21h51

Embora não tenha marcado nenhum gol na vitória do Arsenal sobre o Tottenham por 2 a 0, neste sábado, 4, o atacante Theo Walcott conseguiu provocar a fúria da torcida do time adversário. Após fazer um gesto com o resultado da partida para a arquibancada, ele foi atingido por moedas e garrafas plásticas. 

No fim do segundo tempo, quando a partida já estava decidida, Walcott caiu no gramado, sentindo uma lesão no joelho. O atacante inglês foi atendido por médicos e levado, de maca, até o vestiário do Arsenal. No caminho, porém, o atleta passou em frente à torcida adversária.

Sentado sobre a maca, Walcott fez, com as mãos, um sinal que representava o placar do jogo. Os torcedores do Tottenham passaram a xingar o atacante do Arsenal e a arremessar moedas e garrafas plásticas na sua direção. Os seguranças e agentes de apoio do estádio tiveram que segurar alguns torcedores mais exaltados.

A Federação Inglesa de Futebol pretende analisar o caso, embora uma punição para Walcott pareça pouco provável, de acordo com a imprensa inglesa. "O médico que o atendeu me disse que as moedas já estavam sendo jogadas nele [Walcott, antes da provocação]. Talvez por isso ele tenha feito o gesto", afirmou o técnico do Arsenal, Arsene Wenger.

"Não acho que Walcott enfrentará algum problema. Ele não foi agressivo e estava sorrindo [na hora em que fez o gesto]. Ele não ofendeu ninguém", disse o treinador. "Mas se a federação olhar as imagens e achar que ele foi ofensivo, o que eu posso fazer?"

O treinador do Tottenham, Tim Sherwood, afirmou que não viu o incidente, mas recriminou a atitude dos torcedores de sua equipe. "Se eles fizeram isso, é um problema", declarou após o jogo. Com relação ao gesto de Walcott, Sherwood disse que pode ter sido só uma "brincadeira irônica". 

O primeiro gol do clássico londrino foi marcado pelo Arsenal aos 31 minutos do primeiro tempo. Gnabry avançou pelo meio e fez um passe curto para Santiago Cazorla, O espanhol chutou forte com a perna esquerda, sem dar chance de defesa para o goleiro Lloris.

Aos 16 minutos do segundo tempo, o tcheco Rosicky aproveitou uma falha do zagueiro Rose, que tentou driblá-lo próximo à linha do meio campo. Rosicky correu com a bola e chutou na saída do goleiro.

Futebol