PUBLICIDADE
Topo

Futebol

No vermelho, Santos pede socorro à TV e busca parceiros para planejar 2014

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

01/11/2013 06h00

O presidente do Santos, Odílio Rodrigues, já confirmou que o clube fechará a temporada 2013 no “vermelho”. No entanto, o Comitê Gestor do clube quer repetir a estratégia do ano passado para amenizar o déficit e, por isso, fez um pedido para a antecipação da cota de TV, referente à transmissão do Campeonato Brasileiro de 2014.

A estratégia, utilizada também por outros clubes do futebol brasileiro, será concretizada após a confirmação do montante, que ainda não foi liberado pela Rede Globo. Nesta temporada, a TV só deve antecipar 30% do valor total, diferente do que costumava fazer nos últimos anos. Mesmo assim, parte da verba adiantada pela televisão ajudará o Santos a amortizar o "saldo vermelho".

A diretoria santista espera que a antecipação da cota da TV também ajude o clube no planejamento para a temporada 2014. Insatisfeita com o desempenho do time nas competições deste ano, a cúpula alvinegra pretende contratar um treinador mais renomado no mercado e também reforçar o elenco de jogadores.

“É um pedido relacionado ao fechamento de cotas. O objetivo é reforçar o elenco. Não queremos ser coadjuvantes. Estamos fazendo o planejamento. Esse pedido virá para equilibrar e preparar o futuro”, afirmou o promotor e integrante do Comitê Gestor, Francisco Cembranelli.

Além de antecipar a cota da TV, o Santos procura parceiros no mercado para reforçar o time na próxima temporada. A Teisa (Terceira Estrela Investimentos S/A), grupo de investidores formado por conselheiros e empresários santistas, deve manter sua parceria com o clube. No entanto, a diretoria santista espera agregar novos parceiros em 2014.

“As parcerias são bem-vindas. A Teisa já ajudou em algumas contratações. Quando surge um parceiro é bem-vindo. Faz parte e continuará fazendo”, disse Cembranelli.

O valor do déficit do Santos em 2013 é mantido em sigilo. O promotor santista alega que ainda faltam dois meses para fechar o ano e, por isso, é difícil especificar o valor. “É impossível saber o valor. Nós temos dois meses antes do fechamento. Não dá para definir, os números são imprecisos”, explicou.

Em 2012, o Santos fechou a temporada passada com saldo positivo, já que o clube embolsou antecipadamente um bônus de R$ 30 milhões, valor referente as luvas pela antecipação de renovação de contrato com a Rede Globo, já que a emissora estava preocupada com a concorrência do canal de TV fechada Fox Sports.

Futebol