PUBLICIDADE
Topo

Na mira da Europa, Bernard não deve deixar Atlético durante a Libertadores

Atlético-MG não teme ficar sem Bernard (f) na semi da Libertadores, contra o Newells - AFP PHOTO/OMAR TORRES
Atlético-MG não teme ficar sem Bernard (f) na semi da Libertadores, contra o Newells Imagem: AFP PHOTO/OMAR TORRES

Bernardo Lacerda

Do UOL, em Belo Horizonte

14/06/2013 06h00

Alvo do Borussia Dortmund e do Tottenham, o atacante Bernard será observado por representantes dos clubes durante a Copa das Confederações, que se inicia neste sábado. Apesar da forte investida sobre sua jovem revelação, a diretoria do Atlético-MG garante que o jogador não deixará o clube antes do final da Libertadores e procura blindar o atleta.

O diretor de futebol Eduardo Maluf diz que o Atlético-MG não pretende abrir mão de jogadores do seu elenco antes do final da Libertadores, já que o grupo está enxuto. “Não vai sair ninguém, estamos com um grupo pequeno, enxuto, e não deve sair ninguém nessa janela”, disse.

Pierre sofre estiramento, perde folga e é dúvida para jogo com Newells

  • Bruno Cantini/Site do Atlético-MG

    Os exames de ressonância magnética realizados pelos volantes Leandro Donizete e Pierre, nesta quinta-feira, apontaram lesões diferentes nos dois jogadores, que deixaram o jogo contra o Santos reclamando de dores musculares. O camisa cinco é quem mais preocupa a comissão técnica do Atlético-MG para a semifinal da Libertadores, contra o Newell?s Old Boys. Pierre sofreu estiramento grau um no adutor da coxa esquerda e preocupa o departamento médico, já que deverá precisar de pelo menos 15 dias de tratamento no local. Apesar da contusão mais séria, o volante tem chances de estar em campo diante do Newell?s Old Boys no começo de julho.

No caso de Bernard, a diretoria atleticana, porém, não abre mão de contar com o jogador na semifinal da Libertadores, quando o time enfrentará o Newell’s Old Boys, com o primeiro jogo em 3 de julho, e em uma eventual final. O presidente Alexandre Kalil trabalha para blindar o jovem atleta.

Dessa forma, o atacante é deixado de lado nas negociações e não recebe informações diretas por parte da diretoria do Atlético e dos seus empresários. O Tottenham é o principal candidato a conseguir a contratação de Bernard, que dá prioridade para atuar na Inglaterra, por considerar que seu futebol daquele país se adapta bem ao seu estilo.

Convocado para a seleção brasileira, que inicia neste sábado a Copa das Confederações, o jogador será observado por representantes do Borussia Dortmund e do Tottenham, que planejam aproveitar a competição para tentar conversar com o atleta. O técnico do time inglês, André Villas Boas,  é um diferencial da equipe de Londres para tentar a contratação de Bernard.

  • Bruno Cantini/Site oficial do Atlético-MG

    Situação do volante Leandro Donizete (f) preocupa menos que a do companheiro Pierre, por isso ele deverá ter condições de enfrentar o Newells Old Boys, em 3 de julho em Rosário (Argentina)

O jovem jogador mostra que segue focado e pensando no Atlético. “Quando eu voltar da seleção brasileira quero ajudar o Atlético na Libertadores e no Brasileiro”, afirmou Bernard em sua página do facebook.

O atleta disse, em entrevista coletiva durante treinamentos do Brasil, que se prepara para a Copa das Confederações, que não aceita deixar o time mineiro antes do final da Libertadores. “Roí o osso, agora quero comer a carne”, brincou Bernard à época.

O empresário de Bernard, Adriano Spadotto, que trabalha com a carreira do jogador no Brasil e em parceria com Giuliano Bertolucci, evita comentar sobre o futuro do jogador, mas reconhece que uma transação não acontecerá em junho.

A primeira proposta recebida pelo Atlético foi do Borussia Dortmund, que ofereceu 16 milhões de euros por Bernard, conforme revelou o UOL Esporte.  O valor não agradou de imediato a diretoria atleticana. A contraproposta foi considerada alta pela equipe alemã, que mantém o interesse no jogador, mas esfriou as conversas.

O Tottenham segue buscando um acordo com o Atlético para acertar a contratação de Bernard. De acordo com veículos da imprensa inglesa, o time daquele país estuda oferecer 18 milhões de libras pelo atleta, valor próximo ao esperado pelo presidente Alexandre Kalil, que deseja conseguir 20 milhões de libras pela jovem revelação.

Futebol