Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Após 10 anos, empresário executa Corinthians por acordos com Ronaldo

HENRIQUE BARRETO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: HENRIQUE BARRETO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

10/10/2019 04h00

Depois de ter sua participação como intermediário reconhecida pela Justiça, o empresário Paulo Sérgio Palomino está executando o Corinthians e Ronaldo Fenômeno. Palomino obteve direito a receber 10% de todos os contratos firmados pelo clube e pelo ex-jogador com a então patrocinadora Hypermarcas, em 2009.

O valor ainda será apurado, mas os acordos podem ultrapassar a barreira dos R$ 40 milhões, e devem passar por juros e correção monetária - o empresário teria direito a 10% disso. A Justiça ordenou que o alvinegro e Ronaldo apresentem os documentos para o cálculo da dívida. (Por Pedro Lopes)

Mais UOL de Primeira