PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Hernanes descarta retorno imediato ao SPFC e seguirá na China em 2019

Meia Hernanes ainda não pensa em retornar ao futebol brasileiro. Ideia é se reapresentar na China no início de 2019 - Reprodução/Instagram
Meia Hernanes ainda não pensa em retornar ao futebol brasileiro. Ideia é se reapresentar na China no início de 2019 Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Santos

22/11/2018 04h00

O torcedor do São Paulo pode deixar de lado a esperança de ver Hernanes voltar ao clube no início de 2019. Para pessoas próximas, o jogador garantiu a sua presença na reapresentação do Hebei Fortune, da China, no começo da próxima temporada. O empresário do meio campista, Joseph Lee, deve ter uma conversa em breve comé... os dirigentes do clube asiático, mas o brasileiro quer cumprir o seu contrato, que é válido até o fim de 2019.

Hernanes tem um salário incompatível com a realidade do futebol brasileiro e vive um bom momento na Ásia. A decisão de um teto salarial aos boleiros no país também não deverá lhe atingir, uma vez que os contratos em vigor serão respeitados. Ainda assim, o jogador, de 33 anos, segue monitorado pelo São Paulo e por outros clubes - o Atlético-MG, por exemplo, já demonstrou interesse em contar com o ex-tricolor. (Por José Eduardo Martins)

Atlético-MG: Marques agrada e pode seguir em 2019

A diretoria do Atlético-MG está satisfeita com o que tem visto de Marques na função de diretor de futebol. Mais presente no cotidiano do time, o mandatário do clube, Sérgio Sette Câmara, tem acompanhado de perto o que o substituto de Alexandre Gallo, demitido no último mês, tem feito ao lado do elenco. O ex-atacante e agora executivo é apontado como um dos responsáveis por mudar o ambiente nos bastidores da Cidade do Galo. Marques costuma ir ao vestiário após os jogos e atua na gestão do plantel. O momento mais emblemático foi a cobrança do ex-jogador do clube no vestiário do estádio Independência após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio. Na ocasião, ele foi ao local acompanhado de Levir Culpi, Sette Câmara e do vice Lásaro Cândido Cunha. Na avaliação atual, Marques conta com respaldo da alta cúpula para seguir no cargo em 2019. A situação será avaliada até o fim do Brasileirão 2018. (Por Thiago Fernandes)

Vasco: Meia penhora rendas de jogos com São Paulo e Palmeiras

A situação do Vasco é delicada dentro e fora de campo. Se com a bola rolando o time busca vitórias para se livrar de um possível rebaixamento no Campeonato Brasileiro, fora das quatro linhas o time sofre com a Justiça. Na última quarta-feira (21), nova derrota. O Juiz da 62ª Vara do Trabalho do RJ Edson Dias de Souza ordenou a penhora das rendas das partidas contra o São Paulo – nesta quinta (22) – e contra o Palmeiras – no próximo domingo (25) –, ambas em São Januário. A execução do valor de pouco mais de R$ 93 mil é referente ao processo movido pelo meia Jean Patrick, atualmente no Fortaleza, que cobra dívidas da época de sua passagem no Cruzmaltino, em 2015. “Foi feita penhora nas contas do clube, que não tinha um real sequer, o que nos causa até estranheza. Então, pedimos as penhoras de bilheterias”, explicou o advogado Filipe Souza Rino. Jean Patrick atuou em apenas cinco partidas pelo clube. (Por Bruno Braz)

Maracanã receberá show de Paul McCartney em março de 2019

A concessionária que administra o Maracanã já começa a desenhar o calendário do estádio para 2019, e o beatle Paul McCartney deve ser a primeira grande estrela internacional a fazer um show no local no ano que vem. O contrato entre as partes não está assinado, mas já é dado como praticamente certo um concerto do britânico no mês de março. O artista levou mais de 180 mil pessoas ao estádio em um show em 1990. Em 2018, o Maracanã recebeu nomes como Pearl Jam, Foo Fighters, Phil Collins e Roger Waters, e a ideia é que ao menos quatro datas sejam preenchidas com grandes nomes da música em 2019. Mc Cartney, que está em turnê para divulgar "Egypt Station", seu mais recente álbum, também deve passar por São Paulo e Curitiba neste seu novo giro pelo Brasil. (Por Leo Burlá)

Internacional rejeita zagueiro após ‘cavada’ de Nico López

Nico López vestiu-se de dirigente. Ao receber o amigo Diego Polenta em Porto Alegre no último mês, o atacante convidou o jogador para visitar o CT do Internacional e até a jogar pelo Colorado. Mas observando de perto, o defensor de 26 anos que está sem clube não pareceu um bom investimento. Enquanto esteve conhecendo o Beira-Rio a convite de Nico, Polenta foi observado pelos profissionais do clube. Parado há seis meses, foi considerado totalmente fora de forma. Na visão do corpo técnico, o estrangeiro demoraria para jogar, teria adaptação lenta e estaria longe de render o que já se imaginou dele. O zagueiro foi, de pronto, descartado. Polenta pareceu interessado e acionou até seu empresário para tentar abrir negociação com o clube gaúcho. No entanto, o ex-Nacional (Uruguai) não irá atuar com o amigo tão cedo novamente. (Por Marinho Saldanha)

Flu: Mecenas do CT ainda não deixou Conselho

Pouco mais de um mês após anunciar que renunciaria ao posto de conselheiro do Fluminense, Pedro Antônio, principal financiador do centro de treinamento do clube, ainda não formalizou seu pedido de exoneração. O empresário afirma já ter uma carta pronta guardada consigo, mas pretende entregar pessoalmente ao presidente Pedro Abad. Ele alega que passou um tempo fora do país, o que teria atrasado seus planos. Pedro Antônio afirma que sua decisão é irreversível e garante que não será candidato à presidência do Fluminense. Ele, no entanto, é peça importante no tabuleiro da política do clube. Na partida diante do Ceará, Pedro Antônio circulou entre torcedores na arquibancada e procurou interagir com tricolores no intervalo. Ignorado por alguns, ele atendeu o pedido de outros e posou para fotos. (Por Leo Burlá)

Santos celebra acordo e ‘trabalho de graça’ de Ricardo Gomes

O Santos entrou em acordo com o ex-diretor executivo de futebol Ricardo Gomes, que deixou o clube para trabalhar como manager no Bordeaux, da França. O ex-zagueiro teria que desembolsar R$ 850 mil ao clube em relação ao pagamento de multa rescisória, mas fechou acordo para pagar R$ 650 mil em dez prestações. O pagamento foi comemorado na Vila Belmiro. Há dirigentes que alegam que o trabalho de Ricardo Gomes no Santos “saiu de graça”, uma vez que o clube paulista receberá praticamente o mesmo valor que desembolsou de salário durante os pouco menos três meses em que ele esteve no clube – pouco mais de R$ 600 mil. O rápido trabalho de Ricardo Gomes no Santos foi considerado de sucesso. O dirigente, que demonstrou bastante interesse em quitar a dívida com o clube paulista, foi o responsável por fechar as contratações de Carlos Sánchez, Derlis González e Bryan Ruiz, além do técnico Cuca. (Por Samir Carvalho)