PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Santos é procurado por pai de Diego, que vive indefinição no Flamengo

Com futuro indefinido no Flamengo, meia Diego foi oferecido ao Santos. Pai do atleta fez o primeiro contato - Luciano Belford/AGIF
Com futuro indefinido no Flamengo, meia Diego foi oferecido ao Santos. Pai do atleta fez o primeiro contato
Imagem: Luciano Belford/AGIF

Do UOL, em São Paulo, Santos, Rio de Janeiro, Por Alegre e Belo Horizonte

09/11/2018 04h00

O Santos abriu conversas para tentar contratar o meia Diego, revelado pelo clube e que pertence ao Flamengo até 31 de julho de 2019. Segundo apurou a De Primeira, o pai do jogador, Djair Ribas, procurou o Alvinegro para saber se existe interesse no retorno do filho, campeão brasileiro de 2002 ao lado de Robinho, Elano e companhia.

Inicialmente, os dirigentes do Santos desconfiaram que o pai do meia poderia “usar” o clube para renovar com o Flamengo. Mesmo assim, eles não deixaram de responder com um “sim” e a negociação sobre valores pode ser iniciada em breve. As conversas ocorrer principalmente por conta da indefinição no Rubro-negro, que terá eleições no dia 8 de dezembro e a tendência de um elenco reformulado para a próxima temporada. Diego divide opiniões nas duas chapas favoritas e uma extensão de vínculo está longe de ser consumada no momento. (Por Samir Carvalho e Vinicius Castro)

Manifestações geram desconforto e Guerrero silencia advogado

Uma série de manifestações do advogado peruano que representa Paolo Guerrero geraram desconforto no Inter e à estafe do jogador. Por isso, Julio Garcia foi 'silenciado' e passará a se manifestar apenas através de veículos oficiais. Um dos representantes do jogador, Garcia costumava dar detalhes do andamento dos pedidos de liberação do atleta, punido por doping até abril do ano que vem. E a cada nova informação repassada informalmente aos jornalistas, uma onda de expectativa se criava, e, com ela, eventuais desapontamentos. E tal situação repercutiu no Inter e até no estafe do atleta, que determinou a manifestação dele, agora, apenas através de notas oficiais ou assessoria de imprensa. Tudo para evitar que a repercussão dos fatos se reflita no comportamento dos envolvidos ou da torcida. (Por Marinho Saldanha)

"São-paulino" Pato brinca com tricolores, mas prioriza Europa

Muitos torcedores do São Paulo começaram a sonhar com o retorno de Alexandre Pato depois de o jogador postar um comentário em um foto de Hudson com a camisa do Tricolor na última quarta-feira (7). Na frase, o atacante dizia que "daqui a pouco" estaria junto do volante. Segundo apurou a De Primeira com pessoas próximas ao brasileiro, na verdade ele fez uma brincadeira ao colocar a mensagem enigmática, que se referia às férias, quando o atleta deve fazer uma visita ao clube. No entanto, o jogador está propenso a deixar o Tianjin Quanjian. O clube não vive um bom momento no Campeonato Chinês (luta para não ser rebaixado). A prioridade de Pato, no entanto, é um retorno ao futebol europeu, até mesmo por causa do salário incompatível à realidade brasileira que ele recebe no Oriente. Há quem diga que um retorno ao Milan, da Itália, não está descartado e surge como opção mais provável. (Por José Eduardo Martins)

Corinthians: Prefeitura tenta derrubar liminar e cobrar R$ 150 mi

A Prefeitura de São Paulo entrou com um recurso para derrubar uma liminar que protege o Corinthians de cobrança de cerca de R$ 150 milhões em impostos. A briga envolve dezenas de autos de infração, a maioria deles referentes a ISS – Imposto sobre serviços. O alvinegro argumenta que suas atividades não estão sujeitas a cobrança desse imposto. Em uma primeira análise, a Justiça considerou razoável o argumento corintiano. Para evitar prejuízos até que a questão da validade das cobranças fosse decidida, concedeu a liminar que as suspende. (Por Pedro Lopes)

Fifa analisa punir técnicos com cartões

O Conselho Internacional da Federação de Futebol (Ifab), associação da Fifa que determina as regras de futebol, colocou em análise a possibilidade de advertir com cartão amarelo e vermelho os membros de comissões técnicas dos times durante os jogos. Hoje, treinador, médicos, auxiliares e preparadores físicos podem ser excluídos de campo pela arbitragem, mas não recebem o cartão vermelho como os jogadores em campo. Tais membros poderiam até acumular esses amarelos, ficando suspenso de uma partida dependendo do regulamento da competição. Os membros da Ifab se reunirão em março de 2019 e ainda discutirão o já falado rebote em pênaltis e o local de saída de campo para jogadores substituídos. (Por Marcel Rizzo)

Atlético-MG prepara orçamento que pode superar R$ 300 milhões

Carlos Fabel, diretor financeiro do Atlético-MG, já prepara o orçamento para 2019. Ele iniciou nesta semana os estudos para saber o que o Galo poderá gastar em contratações e salários visando a próxima temporada. A ideia do dirigente é apresentar o projeto ao Conselho Deliberativo na próxima reunião do grupo, marcada para 27 de novembro, no período da noite. Os cartolas fazem uma reunião anual para apresentar números aos membros do Conselho Deliberativo e aprovar as contas. O estudo de Fabel ainda é embrionário. Contudo, a ideia é que os números sejam superiores aos deste ano. Os valores podem superar a casa dos R$ 300 milhões. A previsão para esta temporada era de gastar R$ 294,9 milhões e arrecadar R$ 296 milhões. Os valores só serão ratificados em abril do próximo ano, quando o clube divulgará a demonstração de resultados do exercício de 2018. (Por Thiago Fernandes)