PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Candidato a receber C. América, SP prepara reforma e sala de VAR no Morumbi

Estádio do Morumbi - Alexandre Schneider/Getty Images
Estádio do Morumbi
Imagem: Alexandre Schneider/Getty Images
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo

22/08/2018 04h00

O São Paulo batalha para ser uma das sedes da Copa América de 2019, no Brasil. E para conquistar a Conmebol, o clube paulista prepara uma série de melhorias no Morumbi. Isso inclui troca da tecnologia na iluminação, túnel único de acesso ao gramado e até mesmo uma sala para operação do VAR (o sistema de arbitragem de vídeo). Essas obras já foram planificadas e apresentadas à entidade sul-americana e à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e contam muito para que o Morumbi siga no páreo com o moderno Allianz Parque, do rival Palmeiras. A hipótese de dois estádios da capital paulista receberem jogos do torneio é remota. A Arena Corinthians foi descartada da disputa na última terça-feira (21).

A capacidade de mais de 66 mil presentes também é considerada um atrativo para as entidades, inclusive pensando em usar o estádio como possível palco da abertura da Copa América. Recentemente, o gramado da casa são-paulina foi eleito pela CBF como o melhor do país. A Conmebol também fez uma avaliação do espaço e deixou ressalva apenas sobre a distribuição do sinal de internet sem fio. (Por Bruno Grossi e José Eduardo Martins)

Palmeiras: oposição julga conselho inapto para decidir aditivos

Chamou atenção na votação do conselho deliberativo do Palmeiras que aprovou a validade dos aditivos dos contratos com a Crefisa, na última segunda-feira (20), o fato de nenhum conselheiro ter votado "não": foram 141 votos a favor, 67 abstenções e 17 pessoas que foram embora no meio da reunião. O comportamento tem explicação. Segundo membros da oposição, não fazia sentido votar "não" porque o entendimento é que não é competência do conselho deliberar sobre esse tema de acordo com o estatuto do clube. Por entenderem que a matéria nem sequer deveria ser apreciada ali, optaram pela abstenção.

UOL de Primeira