PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Alisson tinha acerto com o Liverpool antes da Copa e aguardava 'ok' da Roma

Anunciado na quinta, Alisson Becker posa com a camisa do Liverpool pela primeira vez - Andrew Powell
Anunciado na quinta, Alisson Becker posa com a camisa do Liverpool pela primeira vez Imagem: Andrew Powell
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo

20/07/2018 04h00

O goleiro Alisson foi anunciado pelo Liverpool na quinta-feira (19), mas seu acerto com o clube inglês é bem mais antigo. Segundo apurou o UOL Esporte, o jogador já tinha alinhado termos salariais, premiações e contrato com os "Reds" desde antes da Copa. Durante o Mundial, aguardava apenas o acordo e a liberação da Roma para concluir a negociação.

Alisson chegou a flertar com o Real Madrid. Mesmo antes seduzido pelo clube merengue, a demora na oficialização da proposta afastou as chances de atuar por lá. Com isso, o Liverpool entrou em acordo com ele e posteriormente firmou a proposta esperada pela Roma. Alisson assinou contrato sob os termos acertados há mais de um mês, nesta quinta. (Por Marinho Saldanha)

Palmeiras vê provocação de Andrés como desvio de foco

No Palmeiras, internamente, a declaração de Andrés Sanchez  insinuando que o rival alviverde terá problemas por impedir a transferência de jogadores, como Dudu, foi tratada como irrelevante. Isso porque a interpretação é de que o presidente corintiano apenas quis desviar o fico de problemas de seu clube. Ou seja, ele não estaria falando baseado em informações sobre supostos descontentamentos de atletas palmeirenses.

Pelo menos no discurso, a diretoria do Palmeiras crê que não terá dificuldades nem com Dudu. O meia-atacante chegou a fazer uma postagem em rede social na qual colocava em dúvida sua felicidade depois de ter uma oferta para a China recusada. Um dos argumentos é de que ele e nenhum outro jogador deixou de treinar como de costume por não ser negociado. Não há focos de insatisfação detectados no vestiário. (Por Ricardo Perrone)

Guedes trocou Atlético-MG por China para ganhar 7,5 vezes mais

Róger Guedes trocou o Atlético-MG pelo Shandong Luneng, da China, para ganhar uma bolada de dinheiro. Embora tenha aberto mão de grana para se transferir para o exterior, o atacante de 21 anos terá um salário milionário no futebol asiático. Ele receberá vencimentos 7,5 vezes maior que no período em que esteve na Cidade do Galo.

Roger Guedes é recebido pela torcida do Shandong Luneng: "É nóis" - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O artilheiro da atual edição do Campeonato Brasileiro receberá R$ 1,5 milhão por mês. Em Belo Horizonte, ele faturava mensalmente R$ 200 mil. Os valores oferecidos pelos chineses, inclusive, foram o motivo de ele ter negligenciado uma mudança para o futebol europeu, seu grande sonho. Róger Guedes se animou com a possibilidade de fazer a independência financeira na China. (Por Thiago Fernandes)

Elenco do SP cantou "o campeão voltou" no Maracanã

Quando a partida contra o Flamengo acabou na última quarta-feira, os jogadores do São Paulo se reuniram no gramado do Maracanã e foram em direção ao setor reservado para a torcida do clube. Os torcedores cantavam "o campeão voltou", que embalou o time nas campanhas do título do Campeonato Brasileiro de 2008 e na arrancada que quase terminou em nova taça em 2009.

Esse grito empolgou os atletas, que chegaram ao vestiário entoando o mesmo coro e vibrando muito. A comemoração efusiva foi resultado do alívio de um time que passou o primeiro semestre enfrentando muita pressão e tratou o jogo contra o Flamengo quase como uma obsessão para provar que o Tricolor voltou a enfrentar os principais rivais de igual para igual. (Por Bruno Grossi e Pedro Ivo Almeida)

Torcida única na Arena da Baixada é cancelada

Motivo de reclamações de atleticanos e de todas as torcidas que foram à Arena da Baixada recentemente (casos de Cruzeiro, Santos, São Paulo e Internacional), a medida da "torcida única" imposta pelo Ministério Público do Paraná em conjunto com o Atlético-PR será colocada de lado no jogo da quinta-feira (26) contra o Peñarol, pela Copa Sul-Americana.

De acordo com o promotor Maximiliano Deliberador, o Atlético recebeu orientação para recuar na medida pois ela fere o regulamento da Conmebol. Consultada pelo UOL Esporte, a Conmebol afirmou que nem Atlético, nem Peñarol discutiram o fato com ela, tendo a decisão saído dos clubes. O Peñarol já divulga orientações para seus torcedores, que incluem o e-mail do administrador da Arena para aprovar ou não faixas e bandeiras de suas organizadas. (Por Napoleão de Almeida)