Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Presença de CR7 faz cinco emissoras se mexerem por direitos do Italiano

Cristiano Ronaldo na Juventus - Juventus/Divulgação
Cristiano Ronaldo na Juventus
Imagem: Juventus/Divulgação
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo

19/07/2018 04h00

Recém valorizado após a chegada de Cristiano Ronaldo na Juventus, o Campeonato Italiano não tinha muitos interessados até duas semanas atrás. Conforme divulgado no Blog do Ohata, três emissoras já haviam mostrado interesse no dia 10, quando a transferência foi confirmada. Agora, este número aumentou para cinco. O UOL Esporte apurou que Esporte Interativo, Fox Sports, Grupo Globo, ESPN Brasil e uma quinta interessada (ainda com nome em sigilo) consultaram a IMG para tentar adquirir os direitos do campeonato.

No caso da ESPN, o interesse é antigo, mas a questão financeira pesa nas negociações e reduzem a chance de o canal levar. Já o Grupo Globo quer o evento para o SporTV. O canal ficou animado com os índices obtidos com as partidas de Neymar no PSG na temporada passada e acha que CR7 na Juventus pode repetir o feito.  Em nota oficial, a Globo evitou comentar as negociações, mas disse que o Italiano sempre foi um produto relevante.

Não se obteve detalhes sobre as intenções de EI e Fox, mas de fato existe o interesse. A IMG, agência que vende os direitos do Italiano, confirma as negociações com cinco emissoras, sem dizer seus nomes - ou seja, uma emissora ainda é incerta. A empresa ainda diz que espera fechar um acordo até a primeira quinzena de agosto. Os direitos ofertados pela IMG ao Brasil são válidos por três temporadas, começando com a atual, 2018/2019, e serão negociados diretamente com as TVs. (Por Gabriel Vaquer e Ricardo Perrone)

Férias e lesão de Arthur ajudaram Fred a seguir na Copa

A avaliação sobre um possível corte de Fred, quando ele se lesionou ainda em Londres por pancada de Casemiro, não avançou em função das alternativas. Os auxiliares de Tite pensaram em nomes como Arthur e Giuliano como substitutos, mas entenderam que uma nova convocação poderia ter efeito contrário.

UOL de Primeira