PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

SP se incomoda com discurso de "técnico não faz gol" e dá bronca em Dorival

Dorival Jr. saiu derrotado do clássico e foi criticado pela reação na entrevista coletiva - Marcello Zambrana/AGIF
Dorival Jr. saiu derrotado do clássico e foi criticado pela reação na entrevista coletiva
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

20/02/2018 04h00

O São Paulo fez uma avaliação negativa da entrevista coletiva de Dorival Júnior após a derrota para o Santos por 1 a 0, no último domingo, no Morumbi. Na ocasião, algumas frases chamaram a atenção de dirigentes e outros integrantes do departamento de futebol. Assim como aconteceu em 2017, ele voltou a falar que o Tricolor "evoluiu" e está muito perto de atingir o "ideal em termos de consistência". Mas o que mais gerou preocupação foi a frase de que "treinador não faz gols."

O discurso gerou um puxão de orelha no treinador, que reconheceu o exagero na fala em conversa com dirigentes. Tal frase poderia ser interpretada como uma tentativa de transferir os problemas da equipe para os jogadores. Segundo apurou a De Primeira, os atletas não ficaram incomodados com a frase. O elenco fez questão de assumir a culpa e mostrou confiança no trabalho do treinador. (Por Bruno Grossi e José Eduardo Martins)

São Paulo terá software de gestão

Em 1º de fevereiro, o São Paulo concluiu a primeira fase de instalação do SAP, software que tem apenas Grêmio e Palmeiras como clientes no Brasil. A entrada do sistema no Tricolor foi aprovada em 21 de fevereiro do ano passado e busca maior integração e eficiência dos serviços de uma empresa. A primeira fase envolveu controle de orçamento e circulação de documentos internos, tornando os processos mais rápidos e menos burocráticos.

Se foi necessário aumentar os gastos com alimentação no CT da Barra Funda, por exemplo, a diretoria administrativa já fica sabendo imediatamente pelo sistema online de cada detalhe alterado no orçamento, aprovando ou regulando as mudanças. Nas próximas fases da instalação do SAP, a ideia é integrar ao sistema a folha de pagamentos de funcionários e todos os contratos vigentes do clube. (Por Bruno Grossi)

Grêmio: Italianos observam Everton e mandam representante

Os italianos da Lazio observam o atacante Everton, de 21 anos. A De Primeira apurou que o clube enviou um representante ao Brasil na última semana para acompanhar de perto o jogador gremista. Ainda não houve oferta, mas a ideia da Lazio é estreitar a avaliação sobre o atleta até a abertura da próxima janela de transferências. Não é o primeiro clube que mira o jogador. Desde antes de subir ao principal, Everton é acompanhado pelo Manchester City, que preferiu não firmar proposta por ele. O Grêmio detém 60% dos direitos econômicos do atleta. (Por Marinho Saldanha)

Cruzeiro fala em R$ 70 mi de arrecadação com sócio-torcedor

Marco Antonio Lage, vice-presidente executivo do Cruzeiro, traçou um novo projeto para o Sócio do Futebol, o programa de fidelização do clube mineiro. A ideia do cartola é faturar R$ 70 milhões anuais com o plano. A inspiração é o trabalho feito pelo Internacional. Hoje com 48 mil membros cadastrados, o Cruzeiro pretende chegar à marca de 100 mil até o fim do ano. O clube recebe atualmente R$ 2 milhões por mês, conforme apurado pela De Primeira. (Por Thiago Fernandes)

Palmeiras: Adidas ainda crê em renovação

Embora seja tratada como carta fora do baralho pelo Palmeiras, a Adidas mantém esperanças em uma renovação de contrato. A empresa alemã aponta que fez uma proposta boa, contemplando valor fixo e royalties, e argumenta que, entre as concorrentes, só ela tem uma distribuição que condiz com as necessidades da torcida alviverde. No clube, o fim do ciclo já é tratado como natural. Os candidatos para substituição são Puma e Topper e a definição está marcada para esta semana. (Por Danilo Lavieri)

Corinthians chega a 40 jogadores e busca redução

Com as chegadas de Ralf, Marllon e Matheus, o Corinthians passa a ter 40 jogadores no elenco. Diante desse cenário, a diretoria alvinegra ainda busca a redução do grupo e deve acertar o empréstimo de alguns atletas nos próximos dias. O goleiro Matheus Vidotto, o lateral direito Léo Príncipe, o zagueiro Yago e os volantes Jean e Warian podem ser emprestados e deixar o clube em breve. Se as cinco transferências forem concretizadas, o número chegará a 35. No fim do ano passado, após a conquista do Brasileirão, o técnico Fabio Carille frisou que a meta era trabalhar com 34 jogadores em 2018, por ser um ano de Copa do Mundo. De acordo com o treinador, em uma temporada sem o Mundial o ideal era ter 28 atletas no grupo. (Por Diego Salgado)