PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Vices de Galiotte participam de churrasco de chapa que apoia Nobre

Nobre e Galiotte antes das eleições e da briga entre os dois; hoje, cartolas estão em lados opostos da política - Cesar Grego/Ag. Palmeiras
Nobre e Galiotte antes das eleições e da briga entre os dois; hoje, cartolas estão em lados opostos da política Imagem: Cesar Grego/Ag. Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

21/09/2017 04h00

Genaro Marino e José Carlos Tomaselli, vice-presidentes de Maurício Galiotte, estiveram em um churrasco da chapa Confraria Palestrina no fim de semana passado. O grupo é um dos fundadores do movimento recentemente lançado no clube a favor da candidatura de Paulo Nobre. A coalizão, aliás, tem recebido cada vez mais adeptos, mas ainda não tem força para viabilizar a aprovação do ex-presidente no filtro do Conselho para as eleições de 2018.

Além do apoio a Nobre, hoje desafeto de Galiotte, o movimento ainda tem como base a defesa do profissionalismo, ao contrário do que prega Mustafá Contursi. Genaro e Tomaselli sempre foram mais ligados a Nobre e, ao lado de Victor Fruges, outro vice, não escondem distanciamento da gestão Galiotte desde o início dela. Entre os vices, apenas Antonino Jesse Ribeiro manteve apoio ao atual presidente. (Por Danilo Lavieri)

Corinthians: Polo gastronômico na Arena

Entrou na pauta da Comissão de Orçamento da Câmara dos Vereadores de São Paulo a criação de um polo gastronômico na Arena Corinthians, em Itaquera.
 

O projeto prevê a elaboração de regras específicas que fomentem o surgimento de novos negócios alimentares na região do estádio, privilégio ao trânsito de pedestres e criação de festivais e eventos no calendário turístico da cidade. (Por Pedro Lopes)

SP: esforço para apagar incêndio com patrocinadores

O São Paulo tem se esforçado para melhorar o seu relacionamento com os patrocinadores. Só na última semana foram duas reuniões com parceiros com esse objetivo. Antes, a postura da diretoria não agradava. Quando o interlocutor era o ex-gerente de marketing, Alan Cimerman, demitido por suposto esquema de venda ilegal de camarotes e ingressos em shows, havia relatos de falta de disposição do departamento em ajudar seus patrocinadores. Mesmo com o esforço, ainda há críticas. A fornecedora de material esportivo, Under Armour, por exemplo, negocia a sua saída do clube. O São Paulo, neste caso, também tem se mostrado insatisfeito com a postura da empresa, que chegou a atrasar um pagamento de R$ 6 milhões. (Por José Eduardo Martins)

Globo deve vetar clubes em redes sociais

A Globo tem entrado em contato com os clubes para falar, informalmente, que em 2018 pretende proibir que imagens dos jogos a que a emissora tem direito de transmissão sejam usadas pelas mídias sociais das equipes. Num primeiro momento a intenção é avaliar a reação dos dirigentes.
Alguns clubes usam parte da verba do Premiere, destinada à realização dos programas de TV, para investir em redes sociais. Para 2018, a Globo deve acabar com esses programas e investir o dinheiro hoje usado neles em aplicativos dos times, uma novidade. Num primeiro momento essa informação não tem agradado à cartolagem, que poderiam até brigar judicialmente pelo uso das imagens alegando respaldo na Lei Pelé. Procurada, a Globo não se pronunciou sobre o assunto. (Por Marcel Rizzo)

CBF: árbitro de vídeo pode aparecer só em outubro

A implementação do arbitro de vídeo pode demorar bem mais do que o sonhado inicialmente pela CBF. O primeiro desejo de Marco Polo Del Nero já foi descartado: uso do recurso na rodada (25ª) do próximo fim de semana. E a novidade também não deverá ser vista na outra semana. Pelas contas iniciais dos envolvidos nas discussões, a ideia mais viável seria o início do novo sistema a partir da 28ª rodada (em 14 e 15 de outubro). Ainda que considerado "corrido", seria um tempo minimamente razoável para chegada de equipamentos, treinamento dos árbitros e adaptação de alguns estádios para receber as novas equipes. (Por Pedro Ivo Almeida)

Galo: Ex-vereador, presidente vê apoio ao estádio

Tão logo o projeto de construção do estádio do Atlético-MG foi aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube, o presidente Daniel Nepomuceno recebeu inúmeras mensagens dando os parabéns pela importante conquista na história do clube. Entre as felicitações que o dirigente recebeu estavam alguns vereadores de Belo Horizonte, colegas de Nepomuceno, que exerceu o cargo por dois mandatos. As manifestações, na visão da direção, são um sinal muito positivo. Nos próximos meses, o clube precisa que dois terços dos vereadores municipais aprovem o projeto de lei que libera a construção da nova arena alvinegra. (Por Victor Martins)

Cruzeiro: Diretor não sabe futuro pós Copa do Brasil

Klauss Câmara ainda não tem garantia de manutenção na Toca da Raposa II. A mudança na presidência a partir de janeiro de 2018 faz com que o futuro do executivo de futebol seja incerto. Efetivado no elenco profissional desde janeiro, quando acertou a contratação de Thiago Neves em definitivo, o dirigente está há exatamente oito meses no cargo e aguarda a eleição para negociar a sequência no clube. Em caso de vitória da oposição, representada por Sérgio Santos Rodrigues, já está definido que o cartola não segue no time profissional. Apoiado pelos irmãos Perrella, o advogado pretende contratar um CEO para trabalhar ao lado do presidente. (Por Thiago Fernandes)