PUBLICIDADE
Topo

Argentina

AFA anuncia a saída do técnico Jorge Sampaoli da seleção argentina

O técnico Jorge Sampaoli comemora gol da Argentina contra a Nigéria - Dmitri Lovetsky/AP
O técnico Jorge Sampaoli comemora gol da Argentina contra a Nigéria Imagem: Dmitri Lovetsky/AP

Do UOL, em São Paulo

15/07/2018 16h14

Classificação e Jogos

Jorge Sampaoli não é mais o técnico da seleção argentina. Após longas negociações, a AFA anunciou na tarde deste domingo (15) a rescisão do contrato do técnico, que iria até 2021, após um "acordo mútuo".

- Por que perdemos? Os fatores que contribuíram para a queda da seleção
- Perrengues na Rússia: de motorista dorminhoco a hotel de filme de terror
Copa mostra que árbitro de vídeo pode minar agressões e "malandragens"

"Hoje, a Associação de Futebol da Argentina e o ex-técnico da seleção, Jorge Sampaoli, concordaram mutuamente com a rescisão do contrato. Da mesma forma, o preparador físico, Jorge Desio e o analista de vídeo, Matías Manna, também se desassociaram", anunciou a AFA.

Além de agradecer aos profissionais pelo trabalho realizado nos últimos meses, a federação disse que o responsável por comandar a seleção sub-20 será anunciado na próxima terça-feira (17).

Na noite do último sábado (14), o jornal Olé havia informado que o treinador seria desligado da seleção. Segundo o periódico, a AFA pagará 2 milhões de dólares no acordo para Sampaoli. O valor é inferior à quantia estabelecida em contrato para o fim antecipado do vínculo -- US$ 8,5 milhões.

Anunciado como técnico da Argentina em maio de 2017, Sampaoli conviveu com críticas desde o início de seu trabalho. O treinador só conseguiu garantir a classificação da Argentina para a Copa do Mundo no último jogo das Eliminatórias, e viu seu trabalho ruir durante o Mundial.

A equipe teve mau desempenho na fase de grupos, e foi eliminada nas oitavas de final para a França após perder por 4 a 3. O difícil convívio com os jogadores também dificultou a estadia de Sampaoli à frente da seleção argentina.

Argentina