PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Mattos

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Globo muda plano e aumenta exposição de Flamengo e Corinthians na TV aberta

Gabigol comemora gol no Brasileiro - Fernanda Luz/AGIF
Gabigol comemora gol no Brasileiro Imagem: Fernanda Luz/AGIF
Rodrigo Mattos

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de ?O Estado de S. Paulo? em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

03/09/2021 04h00

A Globo voltou a apostar de forma forte na presença de Flamengo e Corinthians na TV aberta no Brasileiro-2021. No caso do time paulista, isso já ocorria desde o ano passado para compensar a perda da Libertadores. Trata-se de uma mudança de estratégia em relação aos a 2019 e início de 2020 quando a emissora priorizava a presenças dos dois times no pay-per-view.

A tabela do Brasileiro já tem as transmissões de 25 rodadas definidas. Desses, Flamengo e Corinthians têm 10 jogos em TV aberta previstos cada um. Ou seja, 40% das partidas dos dois times irá passar no canal principal da Globo.

Em comparação, no início do Brasileiro do ano passado, a emissora transmitia apenas 30% dos jogos de cada um dos times, deixando o restante para o canal fechado. O objetivo, então, era reverter a queda de assinantes de pay-per-view.

Mas, durante a Série A de 2020, a Globo optou pela rescisão do contrato da Libertadores, e não conseguiu manter a competição em disputa posteriormente. Sem isso, apostou no Corinthians para combater a audiência do SBT. Ao final da temporada, o time paulista teve 45% dos jogos em TV aberta.

Em compensação, o Flamengo, que jogava a Libertadores, só teve transmitidos um terço dos seus jogos. O clube carioca, aliás, foi presença rara na Globo em TV aberta em 2020.

No caso da Flamengo, a nova estratégia tem relação com as quedas para a Série B de Vasco e Botafogo. Com isso, tornou-se reduzida a opção de jogos para transmitir em TV aberta, embora a emissora esteja passando alguns jogos dos dois times na Segundona.

O Corinthians, por sua vez, tem outros clubes fortes atuando em seu mercado. O Palmeiras teve selecionado 8 partidas para a TV aberta, enquanto o São Paulo teve sete. Mas o time corintiano continua a liderar na capital paulista em termos de exibições. E, desta vez, não foi para enfrentar jogos da Libertadores.

Em comparação, o Atlético-MG, líder, teve seis jogos na TV aberta. A Globo tem de um a três partidas para essa plataformas por rodada. São outros dois jogos no Sportv, e o restante no ppv.

A ideia é manter um equilíbrio de forma que todas as mídias possam ser atendidas. A audiÊncia da TV aberta do Brasileiro não teve alterações significativa em relação à temporada passada em média, mas a Globo tem como objetivo manter atraente seu pacote para anunciantes.

Já o ppv vem em queda: está com 1,4 milhões de assinantes: já perdeu 600 mil pessoas desde o início da crise da TV a cabo. Tanto que há promoções e uma ampliação de ofertas em outras plataformas como a Amazon Prime.

Rodrigo Mattos