PUBLICIDADE
Topo

Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Majestoso vale a liderança do Brasileiro

Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

22/05/2022 04h01

O empate entre America-MG e Botafogo deu uma dimensão maior ao Majestoso em Itaquera. O clássico define quem será o líder do campeonato, após sete rodadas.

O Corinthians, atual primeiro colocado, com 13 pontos, manterá a posição com uma vitória, claro, ou até um empate.

O São Paulo, com 11 pontos, o ultrapassará em caso de vitória.

Mas, como vencer em Itaquera? Tem sido algo inalcançável para o São Paulo. Em 15 duelos, o Corinthians tem dez vitórias e cinco empates.

Mas, se o assunto é tabu, o São Paulo também tem o que dizer: venceu os três últimos clássicos. E está invicto nos últimos cinco jogos, com dois empates se somando às três vitórias.

E, se não vence há 15 jogos no campo do rival, não perde já dez no Morumbi, com sete vitórias e três empates.

São Paulo ou Corinthians? A certeza é que a liderança, pela sétima rodada seguida será de um time paulista: o São Paulo liderou após a primeira, o Santos após a terceira e o Corinthians as outras.

E o Palmeiras, após um início titubeante, já está em segundo lugar.

O Majestoso reúne também dois treinadores "de bem com a torcida", apesar de Vitor Pereira não haver vencido nenhum clássico e Rogério Ceni perder o título paulista com uma goleada de 4 x 0, após vitória por 3 x 1 no primeiro jogo da final contra o Palmeiras.