PUBLICIDADE
Topo

Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Hugo Neneca não é goleiro para o Flamengo

Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

14/05/2022 18h44Atualizada em 14/05/2022 18h53

Não se trata de perseguição.

Não se trata de demonizar um jogador

Não se trata de colocar a derrota na conta de um último jogador.

É apenas uma constatação.

Hugo Neneca não é jogador à altura do Flamengo.

Não deste Flamengo que tem a meta de ser dominante no futebol brasileiro.

Um grande time precisa de um grande goleiro. E Hugo Neneca é um goleiro grande. Nada mais.

Goleiro é posição especial. Uma falha pode ser fatal.

Como foi a falha de Neneca já nos acréscimos. Um gol maravilhoso, disse Nino Paraíba, o autor.

Sem dúvida.

Lindo, mas Neneca ajudou. A bola viajou na área. E na área, é de goleiro.

Não foi de Neneca.

Impressiona como o Flamengo caiu no segundo tempo. Não conseguiu resistir à uma pressão nem tão forte do Ceará.

Não conseguiu um bom contra-ataque.

Agora, são quatro jogos seguidos sem vitória. Apenas um sorriso em seis jogos. Apenas seis pontos. Média de time rebaixado, 33,3°.

É cedo para sinal vermelho.

Mas o amarelo está brilhando.