PUBLICIDADE
Topo

Menon

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

São Paulo, uma rodada a mais fora do Z-4

Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

19/11/2021 04h00

Com a vitória sobre o Palmeiras, por 2 x 0, o São Paulo ganhou fôlego na luta contra o rebaixamento. Fôlego que aumentou com o 1 x 0 do Sport sobre o Bahia, com belo gol de Paulinho Mocelin.

Se vencesse, o Bahia chegaria a 39 pontos e poderia ultrapassar o São Paulo, no domingo, quando receberá o Cuiabá e chegará a 33 jogos, como o São Paulo, que só joga na outra quarta-feira, contra o Furacão, no Morumbi.

O Z-4 está afastado, mas o final de semana pode trazer novidades ruins para o SãoPaulo. Dois times que estão com 39 pontos e um jogo a menos podem ultrapassá-lo.

A tarefa mais difícil - bem mais - é a do Juventude. O time gaúcho vem em ascensão e venceu as três últimas partidas, mas visitará o Galo, líder e muito provável campeão brasileiro.

O Atlético-GO recebe o Ceará e uma vitória é algo mais plausível.

Mas a vitória sobre o Palmeiras fez o São Paulo olhar um pouco mais para a frente. Nada de Libertadores, mas, sim, a possibilidade de trazer mais gente para a briga contra o rebaixamento.

O principal é o Furacão, que se dedicou às Copas e está nas finais da Sul-americana contra o Bragantino e na Copa do Brasil, contra o Galo. No Brasileiro, estacionou nos 41 pontos e terá encontro duríssimo contra o São Paulo.

Santos, que tem clássico contra o Corinthians, e Cuiabá, que visita o Bahia, estão com 42 pontos.

E o Grêmio, lógico, que tem 32 pontos e dois jogos a menos. Visita a Chape.

Dos cinco jogos restantes, o São Paulo fará quatro contra times ameaçados pelo rebaixamento: Furacão, Grêmio, Sport e Juventude. Pode ser bom, desde que não falhe como falhou contra a Chapecoense. Dois empates.