PUBLICIDADE
Topo

Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Menon: Corinthians cede espaço para Marcelinho humilhar Sylvinho

Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

22/10/2021 15h23

Parece coisa de doido.

Começa com algo natural: Marcelinho Carioca sendo oportunista. Ele, que já foi lulista e bolsonarista - e nunca foi eleito - agora virou ombudsman de roupa.

E a vítima foi Sylvinho, treinador do Corinthians. Com voz alterada, Marcelinho grita e compara Sylvinho com Luciano Huck. Pede para ele usar a "panagem" do Corinthians. Aqui é Timão, porra!

O que seria apenas uma bobagem - mais uma - nada surpreendente, vindo de quem vem, fica ainda pior quando se verifica onde foi veiculado.

Na TV Corinthians.

Sim, a televisão do clube é usada para desmoralizar e humilhar o treinador do clube. Tiro de canhão no pé.

O programa era de Ronaldo, ex-goleiro e atual clown da televisão aberta.

Não sei se ele paga para ter um programa na TV Corinthians. Não sei se recebe. Não sei quem paga os câmeras, não sei de quem é o estúdio, mas é muito surreal o clube veicular um programa que ironiza o seu treinador.

Marcelinho poderia dizer vou dar um conselho pro Sylvinho, usa o uniforme do clube, é mais bacana....Em tom baixo ..

Mas não seria Marcelinho, né?

Educação e respeito passam longe.

E sabe o que é pior? Seu desempenho pode ter agradado aos gênios da televisão aberta. E teremos puro suco de Marcelinho no ar. Polêmica? Eu chamo de lixo verbal.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL