PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Menon: O São Paulo vai cair

Julio Casares, presidente do São Paulo, retornou ao CT pela primeira vez após se recuperar da Covid-19 - Erico Leonan/São Paulo FC
Julio Casares, presidente do São Paulo, retornou ao CT pela primeira vez após se recuperar da Covid-19 Imagem: Erico Leonan/São Paulo FC
Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

13/10/2021 16h24

O São Paulo vai cair.

Pode ser o final do ano. Pode ser no próximo ano. Mas vai cair.

Vai cair porque é impossível caminhar no rumo da modernidade. Não interessa saber quem é o presidente. Todos são fruto de um sistema viciado, que não admite participação dos torcedores.

O que vemos é uma roleta viciada que cai sempre nos mesmos nomes. Casares levantou Aidar nos ombros. Casares, antes de considerar Pimenta um grande presidente, apoiou Leco, que derrotou Pimenta.

O clube está sob suspeita de tenebrosas transações. E não solta uma nota oficial sobre o fato de Douglas e Serafim serem réus na Justiça.

O São Paulo não tem jeito, não. Fica alardeando que o Turíbio conseguiu uns aparelhos novos.

Não há transparência. O maior contrato de todos os tempos não tem números divulgados. E por aí vai.

Agora, a demissão de Crespo. Comum acordo, meuzovo. Foi demitido. E levou 750 mil dólares, aproximadamente 4,5 milhões de reais. Tá sobrando dinheiro.

O clube não se manifesta quando dois empresários exigem a escalação de jogadores e demite o treinador. Eu tenho o direito, então, de pensar que os empresários mandam no clube.

Crespo ganhou um título. Um título. Tem torcedor e diretor que acha pouco. É bom se contentar, crianças. Vai ser assim. Um título de vez em quando. No more. Nada más. Um sorriso de vez em quando já ajuda a bombar o Instagram de quem manda no clube.

Não há planejamento, não há continuidade, não há nada.

Mete o Vizzoli aí que dá para escapar.

Pode dar. Até quando, não sei.

E traz o Ceni aí. A torcida gosta. Vai ser uma ótima muleta.

Vai cair.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon