PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Menon: Galeano é a boa surpresa

Galeano comemora o gol do São Paulo contra o Flamengo - Rubens Chiri/saopaulofc.net
Galeano comemora o gol do São Paulo contra o Flamengo Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

26/09/2021 12h42

Galeno tem números impressionantes nas categorias de base. No último ano, foram 18 gols em 25 jogos.

Subiu e não mostrou o mesmo rendimento, o que é normal. Transição é assim mesmo. Para ele, é pior. Para ficar com ele, o São Paulo precisa gastar 1 milhão de dólares e um clube em má situação financeira precisa pensar muito quando se trata da quinta ou sexta opção de ataque.

E há ainda o limite de apenas cinco estrangeiros por jogo, o que tornou a saída de Galeano e Rojas uma aposta concreta.

Até que as coisas mudaram. Ou coneçam a mudar, de uma maneira inesperada.

Daniel Alves saiu. Orejuela está contundido e Igor Vinicius sofreu uma contusão no olho contra o Atlético-GO.

E lá foi o garoto paraguaio para a lateral direita. Entrou no segundo tempo e foi bem. Repetiu a dose contra o América e o Galo. Marcou forte e foi opção de velocidade na ponta.

Descobriu a posiçao?

Pode ser, desde que tenha um posicionamento melhor na bola alta defensiva, o que não é fácil nem para Fagner. Baixinho sofre.

É a solução para o time? Pode ser, desde que continue a evoluir.

Certeza é que tem compromisso, tem vontade, tem velocidade e está no jogo novamente.

As chances de ficar aumentaram muito.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon