PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rojas e outros acertos de Crespo em Limeira

Ale Cabral/AGIF
Imagem: Ale Cabral/AGIF
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

03/03/2021 18h58Atualizada em 03/03/2021 19h02

Algumas observações sobre a vitória do São Paulo em Limeira.

1) Crespo manteve três zagueiros o tempo todo, mesmo quando tinha um jogador a mais. Parece uma escolha definitiva.

2) O time buscou sempre, desde o início, o jogo pelos lados do campo.

3) Joao Rojas foi o ponta escolhido para entrar no segundo tempo. No jogo passado, foi Bruno Rodrigues. O equatoriano foi muito bem. Pode ser a ressurreição. E economia. O clube talvez não precise de nova contratação. Após dois anos e quatro meses, fez um gol. Pênalti inexistente e bem cobrado.

4) Rodrigo Nestor jogou por 25 minutos. Uma grande oportunidade. Entrou no lugar de Luan, que não atuou no jogo anterior. Indicação de que Crespo deseja volantes de bom toque e saída de bola?

5) Hernanes também jogou por 25 minutos. Ele estava entrando por cinco ou dez minutos. Parece que terá um papel mais importante com Crespo.

6) Daniel Alves foi substituído. Fato único. Está quebrado o tabu.

7) Galeano e Wellington tiveram chance. Será uma tendência ou apenas um respiro para os titulares.

8) Pablo fez uma partida muito boa. Um alento, após um ano ruim.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon