PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

Diniz começa, contra Ceni, travessia de onze dias decisivos

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

25/10/2020 11h31

O São Paulo enfrenta o Fortaleza. Precisa vencer para continuar na Copa do Brasil. O empate leva a decisão aos pênaltis.

É o primeiro dos quatro jogos decisivos que fará nós próximos onze dias. Eles poderão dar uma sobrevida a Fernando Diniz, que tem poucas possibilidades de continuar em 2021.

E o primeiro encontro é contra Rogério Ceni, cotado para ser o seu sucessor no próximn nno ano. Está clara a carga que o jogo traz para Diniz. Se for eliminado por Ceni no Morumbi, é o fim. Se passar, será um alívio.

Breve alívio. Na quarta-feira, o São Paulo enfrenta o Lanús, na Argentina. O jogo será repetido na próxima quarta, no Morumbi. Vale vaga para a segunda fase na Sul-americana.

E, entre os dois jogos, o São Paulo visita o Flamengo no Rio.

Não está nada fácil a vida do Tricolor.

Pode ser eliminado de duas competições em uma semana. E ainda ficar mais longe da liderança no Brasileirão.

O outro lado da moeda é puro mel. Duas classificações em mata-mata. Algo totalmente inédito. O São Paulo chegou a ter três eliminações com Rogério Ceni em um mês.

A sorte está lançada.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon