PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

Fagner precisa ir até o fim contra os delinquentes

Fagner faz desabafo nas redes sociais - Reprodução/Instagram @fagneroficial123
Fagner faz desabafo nas redes sociais Imagem: Reprodução/Instagram @fagneroficial123
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

14/09/2020 22h37

Fagner tem um filho de dez anos. O garoto recebeu comentários ameaçadores em sua conta no Instagram, após o pênalti cometido por Fagner contra o Palmeiras.

O tom é ameaçador.

"3 pontos na conta do seu pai otário. Nós vamos invadir a sua casa hoje, é melhor o seu pai não aparecer por aí. Jogo ganho e o otário faz aquilo".

O canalha que faz isso não tem filho? Não tem pai? Mãe?

Precisa ser preso.

Fagner precisa. Ir até o final. Fazer esse delinquente pagar.

A ameaça a uma criança é algo abjeto.

Muito mais grave do que a agressão aos jogadores no aeroporto.

Ninguém é obrigado a aguentar tapa de vagabundo. Otários.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon