PUBLICIDADE
Topo

Renê Simões acoberta violência doméstica?

René Simões - Reprodução/Instagram
René Simões Imagem: Reprodução/Instagram
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

27/06/2020 21h02

Renê Simões é um falso brilhante. Fala, fala, fala e pouco se aproveita. É como um pobre garimpeiro trabalhando de Sol à Lua e que, quando olha esperançoso para a bateria, vê lama e o brilho enganoso da pirita.

Agora, disse que futebol precisa voltar porque o isolamento está tornando as pessoas violentas. "Tenho um amigo que já bateu na mulher".

Renê, ou você você denuncia seu amigo ou você é cúmplice da violência doméstica. Já ouviu falar na Lei Maria da Penha?

O que acontecerá se o futebol voltar em dezembro? A mulher de seu amigo vai morrer de pancada? Vai ficar em uma cadeira de rodas?

Ah, Renê...Em boca fechada não entra mosquito.

Menon