PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Dez dias após a demissão, Flamengo e Paulo Sousa seguem no impasse

Paulo Sousa, ex-técnico do Flamengo - Jorge Rodrigues/AGIF
Paulo Sousa, ex-técnico do Flamengo Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF
só para assinantes

Mauro Cezar Pereira

19/06/2022 04h00

Após a derrota para o Red Bull Bragantino, Paulo Sousa foi demitido do Flamengo. Como acompanhado pela opinião pública, o técnico ficou praticamente um dia concentrado com o elenco, mesmo com um pé fora do clube, que ao mesmo tempo recontratava Dorival Júnior. Passados dez dias, segue o impasse na rescisão contratual.

Flamengo e representantes de Paulo Sousa ainda negociam forma de pagamento da rescisão unilateral. Como o técnico foi demitido, o clube deve lhe creditar a multa estipulada em contrato. Mas como? A forma como isso será feito está em discussão. Assim, a comissão técnica segue no Brasil enquanto o problema não é resolvido.

Parcelamento, ou não, da multa, entre benefícios inicialmente previstos, estão na pauta. Com o impasse, os profissionais europeus seguem à espera de uma definição. Ao blog o Flamengo afirma que seguirá o que foi acordado, mas os representantes da comissão técnica discordam. A aventura de Paulo Sousa e sua equipe no Brasil ainda não teve um ponto final.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube