PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Mauro Cezar Pereira

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Fla só fará propostas após a janela europeia e manterá Arrascaeta com a 14

Bruno Spindel, Arrascaeta e Marcos Braz celebram renovação de contrato do meia com o Flamengo por cinco temporadas - Alexandre Vidal/Flamengo
Bruno Spindel, Arrascaeta e Marcos Braz celebram renovação de contrato do meia com o Flamengo por cinco temporadas Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo
Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

26/01/2022 12h41

Torcedores do Flamengo têm se queixado em redes sociais, afinal, por que o clube ainda não contratou para a temporada 2022? A estratégia rubro-negra está traçada: esperar o fim da janela europeia de transferências, o que acontecerá na próxima segunda-feira, 31 de janeiro, e então ir ao mercado. Com dólar a R$ 5,44, euro R$ 6,14 e libra R$ 7,35; o objetivo é evitar a disputa por jogadores com clubes do exterior.

Em suma, apesar do elevado faturamento, perto de R$ 1 bilhão, em 2021, os rubro-negros sabem que os efeitos da pandemia ainda deixam sequelas e, mesmo forte no Brasil, o Flamengo não tem condições de duelar com agremiações que faturam nessas moedas extremamente valorizadas em relação ao real. Assim, tentarão trazer de fora jogadores que não tenham trocado de time dentro da Europa até o fim da janela, daqui a cinco dias. No Brasil será possível se reforçar até 12 de abril.

Obviamente há riscos nessa tática, como um clube não liberar determinado atleta por não ter como contratar outro para seu lugar. Mas obviamente o vice-campeão brasileiro e da Copa Libertadores não teria chances de arrancar um titular absoluto de um clube de fora. Os alvos, claro, serão nomes que não são tão aproveitados. Sem a disputa por jogadores com times europeus, as chances de sucesso nas negociações serão, em tese, maiores.

Até agora os flamenguistas não apresentaram propostas, apenas sondaram o interesse desse ou daquele profissional de vir ao Brasil, de jogar pelo clube, ou seja, apenas um primeiro passo obrigatório, afinal, se o atleta não quiser se transferir para o futebol brasileiro, a ideia já nascerá morta. Zaga e ataque são os objetivos, na frente especialmente nomes que atuem pelos lados do campo, como Kenedy, que voltou ao Chelsea.

Outro que ainda pode sair é Michael, mas a negociação com o Al-Hilal continua emperrada e precisará de uma definição até o fim da semana, quando o prazo para inscrições na Arábia Saudita se encerrará. Como o UOL Esporte publicou há uma semana, o Flamengo encara com naturalidade a permanência do artilheiro da equipe no último Brasileirão (14 gols), pois entende que, caso se transfira, precisará contratar quem preencha a lacuna.

Os rubro-negros encaram como bom o começo de temporada, marcado pela aquisição dos direitos sobre Thiago Maia e a renovação de contrato de Arrascaeta por mais cinco anos. Com o compromisso de aquisição de maior percentual sobre o atleta vinculado ao seu desempenho. O uruguaio, por sinal, continuará com a camisa 14. "Enquanto Diego estiver no clube, ele seguirá como o 10", disse ao blog o vice-presidente de futebol, Marcos Braz.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube