PUBLICIDADE
Topo

Marcel Rizzo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Grupo forte e encontro brasileiro, o que esperar do sorteio da Libertadores

Sorteio dos grupos de edição da Libertadores antes da pandemia - Pedro Ivo Almeida/UOL Esporte
Sorteio dos grupos de edição da Libertadores antes da pandemia Imagem: Pedro Ivo Almeida/UOL Esporte
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

01/04/2021 04h00

A definição dos uruguaios classificados para a fase de grupos da Libertadores desenhou a versão final da divisão dos potes para o sorteio que será realizado em 9 de abril. Há boa chance de confronto brasileiro já nesta etapa, se Grêmio e Santos avançarem da terceira fase preliminar, e, como sempre, é possível projetar grupos bem difíceis.

Palmeiras (Grupo A por ser o atual campeão), Flamengo e São Paulo serão cabeças de chave, Atlético-MG e Inter estarão no pote 2, o Fluminense no 3 e Grêmio e Santos, se classificando, no 4. Pelo regulamento, times do mesmo país não podem cair no mesmo grupo, a não ser que migrem da "pré-Libertadores", caso que se aplicaria a santistas e gremistas.

Como os seis brasileiros classificados diretamente à fase de grupos serão espalhados por seis chaves diferentes, aumenta muito a chance de no sorteio Grêmio e Santos entrarem no mesmo grupo de outros times do Brasil. Em 2020, por exemplo, Grêmio e Inter (migrando da "pré") ficaram na mesma chave, o mesmo ocorrendo com Cruzeiro e Vasco em 2018.

Grêmio e Santos, se classificados, podendo enfrentar qualquer um nos grupos, também aumenta a chance de chaves equilibradas. Podem migrar da "pré" outros times fortes como Independiente Del Valle (EQU), San Lorenzo (ARG), Atlético Nacional (COL) e Libertad (PAR).

Veja algumas possibilidades:

1 - River Plate, Atlético-MG, América de Cali e Grêmio;
2 - Palmeiras, LDU, Vélez Sarsfield e Santos;
3 - Boca Juniors, Inter, América de Cali e Independiente Del Valle (se bater o Grêmio);
4 - Flamengo, Racing, América e Grêmio;
5 - São Paulo, U. Católica, Velez Sarsfield e Atlético Nacional;
6 - River Plate, LDU, Fluminense e San Lorenzo (se passar pelo Santos).

A Conmebol, como nos últimos anos, usará seu ranking divulgado em fevereiro para dividir os times nos potes — a pontuação leva em conta resultados recentes e antigos nas competições da Conmebol e também performance nos campeonatos nacionais. São 32 times, divididos em quatro potes de oito, para se definir as oito chaves de quatro equipes cada.

O sorteio da Libertadores ocorrerá em 9 de abril, ainda sem a definição dos quatro classificados da terceira fase preliminar, o que só acontecerá dia 14. Mesmo assim já saberemos se brasileiros poderão estar no mesmo grupo, já que os confrontos da "pré" serão designados aos grupos específicos.

Veja a divisão dos potes:

Cabeças de chave (Pote 1)

Palmeiras (Grupo A por ser o atual campeão) - 4º no ranking
River Plate (ARG) - 1º
Boca Juniors (ARG) - 2º
Nacional (URU) - 5º
Flamengo - 6º
Cerro Porteño (PAR) - 11º
Olimpia (PAR) - 12º
São Paulo - 13°

Pote 2

Inter - 18º
Atlético-MG - 19º
Independiente Santa Fé (COL) - 21º
Racing (ARG) - 22º
LDU (EQU) - 26º
Universidad Católica (CHI) - 30º
Barcelona (EQU) - 31°
Defensa Y Justicia (ARG) (campeão da Copa Sul-Americana) - 37º

Pote 3

Vélez Sarsfield (ARG) - 33º
Sporting Cristal (PER) - 35º
América de Cali (COL) - 36º
Fluminense - 39º
The Strongest (BOL) - 40º
Universitario (PER) - 46º
Deportivo Táchira (VEN) - 60º
Argentinos Juniors (ARG) - 81°

Pote 4

Deportivo La Guaira (VEN) - 127º
Unión La Calera (CHI) - 128º
Always Ready (BOL) - 145º
Rentistas (URU) - 250°
G1 (Libertad ou Atlético Nacional)
G2 (Grêmio ou Independiente Del Valle)
G3 (Bolívar ou Junior Barranquilla)
G4 (Santos ou San Lorenzo)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL