Casagrande

Casagrande

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
OpiniãoEsporte

Como seria o Palmeiras na Europa? Eu acho que seria muito competitivo

Estou ciente de que este texto que vou escrever gerará uma certa polêmica, assim como sei que os torcedores dos rivais do Palmeiras não gostarão. Terão aqueles grosseiros que, em vez de discordar, irão ofender, mas também tem aqueles educados que vão simplesmente dizer que discordam ou que pensam diferente, mas respeitarão a opinião que darei neste texto. Não é nada sério, mas sim uma comparação possível pelo que acompanho na Europa.

Sigo fielmente a Premier League e razoavelmente o Alemão, Espanhol, Italiano e pouco o Francês, mas vejo tudo da Champions, por isso acho válido este texto. Vamos a ele:

Desde quando o Abel Ferreira chegou à Sociedade Esportiva Palmeiras, o clube ganhou tudo no continente, quase sempre mais de uma vez. Foram duas Libertadores, dois brasileiros, dois paulistas, uma Copa do Brasil, fora os troféus de um jogo como Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana.

Então pensei da seguinte maneira: se o Palmeiras fosse um time europeu jogando os campeonatos de lá com esse elenco e com o Abel no comando, que tipo de desempenho teria? Na minha opinião, o Palmeiras na França jogaria para disputar o título, porque tecnicamente a Ligue 1 é bem inferior aos demais e o Verdão já tem um time entrosado, vencedor e com uma força mental incrível implantada por um treinador europeu. Para mim, disputaria com o PSG contando com o Mbappé, o título francês.

Já na Itália seria mais complicado pela competitividade do calcio italiano, principalmente pelo estilo de marcação que se joga por lá, mas lutaria por uma vaga na Champions, principalmente porque a Juventus vira e mexe está envolvida em falcatruas. Lá na Espanha, brigaria por uma vaga na Champions também, mas com possibilidade de surpreender podendo ser vice-campeão.

Na Bundesliga não teria chances de título porque o futebol alemão é muito duro e forte fisicamente, mas lutaria por vaga na Liga Europa ou Champions também.

No campeonato português, o Palmeiras jogaria pelo título em iguais condições com o Porto, Benfica e Sporting. E sem dúvida para o Abel Ferreira seria uma competição muito especial mesmo.

Já na Premier League não teria muitas chances nem para ir à Champions League porque os melhores jogadores do mundo estão por lá. Tem o Manchester City que é um time espetacular, a intensidade do campeonato é muito alta e mesmo se esse Palmeiras fosse um time inglês, acredito que só lutaria por vaga na Liga Europa. Não é muito viagem se pensarmos que Leicester foi campeão inglês poucos anos atrás.

Neste momento, o Girona está na liderança da La Liga com 41 pontos, sendo 2 a mais que o gigante Real Madrid, e neste final de semana venceu o Barcelona no Estádio Olímpico Lluis Companys, onde o time do Xavi Hernández está mandando seus jogos na cidade catalã. Em 2020/21, o LOSC Lille ganhou a Ligue 1 e não o acho superior ao Palmeiras.

Continua após a publicidade

Este é o meu texto polêmico de hoje e todos estão livres para concordarem ou não, pensarem igual ou diferente. Mas se não for muito peço que não tenha ofensa e nem ataques baixos porque meu texto não está ofendendo ninguém, é uma comparação que nunca se realizará na prática.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes