Casagrande

Casagrande

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
OpiniãoEsporte

Faltando 3 rodadas Tite e Abel disputam lado a lado o título do Brasileirão

Enquanto na Islândia um vulcão que estava adormecido há 800 anos entrou em erupção, aqui no Brasil o Campeonato Brasileiro está pegando fogo. Os líderes do torneio são os dois times que dominaram o cenário nacional e continental desde 2019.

Desde então, o Flamengo venceu dois Brasileiros (2019 e 2020), duas Copas Libertadores (2019 e 2022), uma Copa do Brasil (2022) e três Cariocas (2019, 2020, 2021). O time da Gávea, hoje dirigido por Tite, ganhou ontem (26) do já rebaixado América-MG por 3 x 0 e chegou a 63 pontos.

Já o Palmeiras, desde que Abel Ferreira chegou, venceu um Brasileiro (2022), uma Copa do Brasil (2020), duas Libertadores (2020 e 2021) e dois Paulistas (2022 e 2023). O time conseguiu ontem um empate heroico com o Fortaleza, no Castelão, mesmo com um jogador a menos quase todo o segundo tempo pela expulsão de Gustavo Gómez. O jogo terminou empatado por 2 a 2 e o Palmeiras chegou aos mesmos 63 pontos, dividindo a liderança com o seu grande rival dos últimos anos, o Clube de Regatas do Flamengo.

O Verdão está em primeiro lugar pela diferença no saldo de gols, tendo nove a mais. Os dois times têm 18 vitórias, 9 empates e 8 derrotas. O Palmeiras fez 58 gols e sofreu 32, ficando com um saldo de 26 gols. Já o Flamengo fez 54 gols e sofreu 37, ficando com um saldo de 17 gols.

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras
Abel Ferreira, técnico do Palmeiras Imagem: Marcello Zambrana/Agif

Os dois times já se enfrentaram, empatando por 1 a 1 no Allianz Parque e, há algumas semanas, o Flamengo venceu o Palmeiras por 3 x 0 no Maracanã. Agora, faltam apenas três jogos para terminar essa "corrida maluca" pelo título. O Palmeiras tem um ligeiro favoritismo porque, se vencer os três jogos, será o campeão mesmo que o Flamengo consiga os mesmos resultados, exatamente pelo saldo de gols — é uma diferença grande para se tirar em três rodadas.

Seria arriscado e desrespeitoso da minha parte não mencionar que o Botafogo está colado com 62 pontos, mas não depende mais só dele mesmo. Pelo segundo turno que está fazendo, sinceramente não vejo mais o time da Estrela Solitária brigando pelo título. Já o Atlético-MG pode surpreender porque ainda enfrenta o Flamengo. No entanto, precisa vencer e torcer para o Palmeiras perder. Ou seja, está muito difícil reverter essa situação.

Na quarta-feira, o Mengão e o Galo se enfrentam no Maracanã, enquanto o Palmeiras recebe o já rebaixado e desanimado América-MG. O Botafogo vai a Curitiba e enfrenta o Coritiba também rebaixado e com a autoestima em baixa. Essa rodada poderá definir quem sobrará nessa disputa interminável pelo troféu do Campeonato Brasileiro.

Os últimos campeonatos foram decididos algumas rodadas antes, mas esse está simplesmente empolgante por todas as viradas que já aconteceram, e pela queda do Botafogo, que parecia que estava com o título na mão. Mas o mais interessante mesmo é que em 2023 os dois grandes times do continente dos últimos anos estão disputando esse título palmo a palmo. E o campeão provavelmente só sairá na última rodada, como foi em 2020.

Errata:

o conteúdo foi alterado

  • Ao contrário do publicado, o Flamengo foi campeão carioca em 2019, 2020 e 2021, e não 2020, 2021 e 2022. A informação foi corrigida.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes