Topo

Futebol


Problema nas catracas atrasa entrada de são-paulinos no Pacaembu

Bruno Grossi/UOL Esporte
Imagem: Bruno Grossi/UOL Esporte

Arthur Sandes e Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

19/01/2019 19h17

O primeiro jogo do São Paulo na temporada de 2019 trouxe dor de cabeça a parte dos torcedores que compareceram ao Estádio do Pacaembu na noite deste sábado (19), para acompanhar o duelo contra o Mirassol. Um problema nas catracas do lado ímpar, onde há o setor das cadeiras laranjas, o que causou filas e atrasou a entrada dos torcedores. Acompanhe todos os lances da partida.

Segundo apurou o UOL Esporte, o que atrasou a preparação para a partida foi um problema no sistema das catracas da empresa Total Acesso. As entradas localizadas na rua Itápolis foi dificultada, com alguns são-paulinos irritados pela desorganização do acesso. O problema persistia a cerca de 25 minutos para o início do jogo.

Funcionários culparam uma queda de luz no estádio, mas a teoria foi rechaçada pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. "Foi um problema específico da empresa contratada pelo São Paulo para controlar as catracas; deu algum problema no sistema deles. Foi uma questão exclusiva da empresa. O complexo do Pacaembu não teve mais quedas de energia desde que instalamos um gerador no local", argumenta João Farias, secretário de esportes.

Diante das circunstâncias, em certo momento a organização do jogo decidiu concentrar o fluxo de todo o setor laranja em apenas três portões, os únicos em que as catracas não apresentavam falhas. Por isso as grandes filas. Os demais acessos foram barrados por policiais. À medida que o problema foi ficando mais grave, as catracas foram deixadas de lado e o controle de acesso foi realizado de forma manual (sem leitura dos ingressos). 

São Paulo e Mirassol entram em campo às 19h30 (de Brasília) deste sábado, para estrearem no Campeonato Paulista. O Tricolor tenta abrir o torneio estadual com vitória pela primeira vez após quatro edições.

Mais Futebol