PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Petros divide responsabilidade no SP e quer título para "baixar poeira"

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

25/02/2018 20h24

O São Paulo só empatou por 0 a 0 com a Ferroviária, neste domingo (25), no Morumbi, e chegou ao terceiro jogo consecutivo sem vitória no Campeonato Paulista. Após a partida, o volante Petros dividiu a responsabilidade entre o time e o técnico Dorival Júnior e falou da necessidade de conquistar um título para “baixar a poeira” com a torcida.

“Passamos por isso ano passado, mas que bom que o ano está só começando, mas não queremos prorrogar isso como aconteceu antes. Temos tentado, trabalhado, temos um grupo muito determinado, e existe um peso muito grande, o São Paulo precisa ser campeão logo pra poeira baixar”, disse.

“Não existe mais desculpa e justificativa. A pressão não é só do treinador, é um grupo de homens, sabemos da responsabilidade, é um grupo uniforme, mas sabemos que quatro, cinco vitórias não são suficientes. Temos que ser campeão. Estamos em condições de classificar no Paulista e temos que dar a volta por cima. Não tem remédio. Já conversamos e precisamos todos melhorar”, afirmou.

O meia Cueva, que foi o melhor são-paulino em campo, mas perdeu uma chance clara no segundo tempo, também chamou a culpa. "Momentos assim acontecem em todos os times, então temos que trabalhar para reverter, ganhar e acabou. Hoje, tivemos chances de gol, eu tive, mas eu não corro da responsabilidade. Tenho personalidade para isso. Faltou caprichar um pouco mais, é responsabilidade nossa na parte ofensiva. Não vou correr da responsabilidade, vou apoiar meus companheiros, e eles também vão me dar confiança. Falaram de mim, e eles me acolheram”, declarou.

A equipe tricolor volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o CRB no Morumbi no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Futebol