PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Carille admite incômodo com falta de vitórias e diz que ainda busca um time

Do UOL, em São Paulo

19/02/2018 22h19

O técnico Fábio Carille admitiu que a série negativa do time no Campeonato Paulista traz incômodo. Na noite desta segunda-feira, o time alvinegro apenas empatou com o Red Bul por 1 a 1, em Campinas, e chegou ao terceiro jogo sem vitórias - antes, a equipe perdeu para Santo André e São Bento.

"Claro que incomoda, mas eu tenho que estar com a cabeça tranquila. Estamos buscando um time, buscando uma formação. A gente está em um período que dá a chance. Quanto antes nós acharmos, melhor. Temos uma semana pesada pela frente", disse Carille.

Nesta segunda-feira, o Corinthians entrou em campo com uma mudança no meio-campo (Camacho atuou na vaga de Jadson). Com isso, a equipe voltou a jogar no 4-2-3-1. Segundo o treinador, a tática deve ser mantida nos próximos jogos. Para ele, o time teve bom desempenho no empate e o gol sofrido foi "por infelicidade".

No empate, o Corinthians abriu o placar após o zagueiro Tiago Alves tocar para a própria meta depois de um chute de Clayson na etapa final. Em seguida, Juninho Capixaba falhou e também fez contra ao cabecear antes de Cássio.

"Não tem moleza, é Corinthians, precisamos de resultados sempre. Essa camisa requer títulos e coisas maiores. Não é porque é semana de clássico que a gente vai trabalhar forte, a gente vem trabalhando forte desde o começo", completou o treinador.

Carille descartou ainda que o Palmeiras seja o favorito no duelo do próximo sábado, em Itaquera, no clássico válido pela nona rodada do estadual.

"O Palmeiras contratou bastante, todo mundo esperando que eles sejam os campeões, mas ainda tem muito campeonato pela frente. A gente tem que fazer por merecer essa camisa dentro de campo, então não tem porcentagem maior para alguma equipe", frisou.

Futebol