PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com dois de Vitor Bueno, Santos vence São Bento e vai à 8ª semi seguida

Do UOL, em São Paulo

16/04/2016 20h21

O Santos está na semifinal do Campeonato Paulista pela oitava edição consecutiva. Pouco depois de o Corinthians golear o Red Bull por 4 a 0, a equipe de Dorival Júnior venceu o São Bento por 2 a 0 no início da noite deste sábado, na Vila Belmiro, e assim se juntou ao arquirrival na próxima fase. Vitor Bueno, com dois gols, sendo o primeiro um golaço, foi o grande destaque do time alvinegro.

Foi, aliás, o terceiro gol em três partidas como titular de Vitor Bueno, que recentemente renovou com o clube da Vila Belmiro por mais quatro anos. Contratado do Botafogo-SP na metade do ano passado, o meia inicialmente atuaria apenas pelo time B do Santos, mas apareceu bem nos treinamentos e conquistou a confiança de Dorival Júnior.

Foi a primeira derrota do São Bento para os considerados grandes neste Paulistão. Na primeira fase, o time do interior havia empatado com Corinthians e Palmeiras e vencido o São Paulo. Não foi páreo, porém, para o Santos de Dorival, que agora aguarda a sequência das quartas de final para saber quem encara na semi.

O Santos agora deixa de lado do Campeonato Paulista e começa a pensar na Copa do Brasil. O time faz a sua estreia no torneio nacional na próxima quinta-feira, quando visita o xará do Amapá no estádio Zerão, em Macapá, às 21h30.

SANTOS 2 X 0 SÃO BENTO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 16/04/2016 (sábado)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo.
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Patrick André Bardauil.
Cartões amarelos: David Braz (Santos)
Público: 12.051 presentes
Renda: R$ 477.280,00
Gols: Vitor Bueno, aos 8min e 40min do primeiro tempo

SANTOS
Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia, Vitor Bueno e Lucas Lima (Rafael Longuine); Gabriel (Joel) e Ricardo Oliveira (Elano).
Técnico: Dorival Júnior

SÃO BENTO
Henal; Régis Souza, João Paulo, Pitty e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Éder (Diego Clementino), Serginho Catarinense e Clébson (Everton Sena); Edno (Anderson Cavalo) e Rossi.
Técnico: Paulo Roberto Santos

Futebol