PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Raniel ganha confiança de Mano, mas não tem garantia de vaga no Cruzeiro

Raniel marcou dois gols na vitória do Cruzeiro sobre o Guarani-MG na tarde deste sábado - Bruno Haddad/Cruzeiro
Raniel marcou dois gols na vitória do Cruzeiro sobre o Guarani-MG na tarde deste sábado Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

20/01/2019 04h00

A boa atuação de Raniel, autor de dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o Guarani-MG, pelo Campeonato Mineiro, colocou uma interrogação na cabeça de Mano Menezes. Além do jovem, o técnico conta com Fred, Sassá e Barcos para a posição.

A princípio, Fred é o titular do Cruzeiro. Recuperado da cirurgia no joelho direito, o experiente centroavante conta com respaldo da comissão técnica para atuar entre os 11 iniciais. O problema é que ele sofreu uma infecção estomacal e não entrou em campo no jogo de estreia. O seu substituto, Raniel, marcou duas vezes e mostrou que tem qualidade para seguir entre os titulares.

A atuação do atleta de 22 anos foi o suficiente para agradar à comissão técnica. Não é à toa Mano Menezes o elogiou ao fim do confronto ocorrido na tarde deste sábado (19), em Divinópolis.

"Raniel é um jogador de potencial. É um jogador que a gente considera muito no clube. Fui a primeira pessoa a dizer, talvez na outra administração, que tínhamos um jogador com qualidade para chegar ao nível de top. Tem coisas para melhorar? Tem, mas todos temos. Iniciar a temporada marcando gols ajuda muito nessa confiança e nós temos três centroavantes. Coloco quem está marcando gols e quem tem condições de fazer", comentou.

O jogador, contudo, não é a única opção para o setor ofensivo. Fred pode atuar entre os titulares na quarta-feira (23), às 21h30 (de Brasília), no Mineirão, contra o Atlético Patrocinense. Porém, é preciso verificar a condição do centroavante. Sassá é a alternativa ao camisa 9.

"Na verdade, a minha ideia era fazer com o Fred hoje e com outro centroavante na quarta-feira para poder treinar este grupo. Queríamos trabalhar desta maneira, mas fomos surpreendidos. À noite, o Fred passou mal. Vamos ver como ele vai reagir, porque infecção estomacal, cada um reage de um jeito. Ainda temos o Sassá, que precisa jogar mais que os 15 minutos que atuou", disse.

Quarto nome para a vaga, Hernán Barcos está cada vez mais distante de uma vaga na equipe. O argentino que tem contrato até junho de 2019 não faz parte dos planos da comissão técnica e deve deixar a Toca da Raposa II em breve.

Futebol