PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Alexandre Pato se lesiona pela 14ª vez em dois anos e vira alvo de ironias na Itália

Alexandre Pato ficou apenas 14 minutos em campo e teve de ser substituído - AFP PHOTO / OLIVIER MORIN
Alexandre Pato ficou apenas 14 minutos em campo e teve de ser substituído Imagem: AFP PHOTO / OLIVIER MORIN

Do UOL, em São Paulo

04/04/2012 06h00

Além de ser eliminado da Liga dos Campeões pelo Barcelona, na última terça-feira, o Milan viu Alexandre Pato se lesionar pela 14ª vez desde janeiro de 2010. O atacante ficou apenas 10 minutos em campo e teve de ser substituído. O período de 28 meses aponta uma média de uma lesão a cada dois meses.

Pato voltou de sua viagem aos Estados Unidos, cuja finalidade era descobrir os motivos de suas recorrentes lesões, e foi relacionado para a partida. A estratégia do Milan para ter o brasileiro em campo não deu certo e gerou a ira da imprensa italiana, que caracterizou a lesão como a 'enésima' do jogador.

Outro fato que chamou a atenção em Barcelona foi a declaração do sueco Zlatan Ibrahimovic, que disse entender como se sente o técnico do Real Madrid, José Mourinho, quando enfrenta o time de Messi em seu estádio. Ao ser questionado sobre a declaração do centroavante rossonero, o técnico do Barcelona, Pepe Guardiola disse que sua equipe trabalha duro para conseguir os resultados.

"Se o senhor Ibrahimovic diz que é graças aos árbitros [que o Barcelona se classifica] e que quer ficar amigo do senhor Mourinho, muito bem, mas aqui se trabalha duro [para conseguir resultados]". O time catalão chegou a sua quinta semfinal seguida na Liga dos Campeões e agora aguarda o vencedor do confronto entre Chelsea e Benfica, nesta quarta-feira.
 


Para a partida em Londres, o técnico do Benfica, Jorge Jesus tem muitos problemas para escalar a equipe, que perdeu o jogo de ida por 1 a 0, em Portugal. Além das lesões de Garay, Jardel e Miguel Vítor, o brasileiro Luisão é dúvida por conta de uma contusão no joelho esquerdo, na última partida pelo Campeonato Português, contra o Braga. O zagueiro viajou para Londres, mas sua presença em campo é incerta.

Mesmo desfalcado, Jorge Jesus diz acreditar ser possível bater os ingleses no Stamford Bridge. "Temos feito sempre gols fora de casa. Sabemos que temos qualidade individual e coletiva para superar o Chelsea. Não temos outra possibilidade e temos de marcar gols para nos classificar. Queremos igualar o confronto logo nos primeiros 45 minutos", falou o técnico do Benfica.
 

A outra partida desta quarta de Liga dos Campeões está praticamente decidida. O Real Madrid recebe o APOEL, após ter batido a surpresa cipriota por 3 a 0 na casa do adversário. A novidade na equipe merengue é jovem atacante espanhol Callejón, que foi relacionado para a partida. Após cumprir suspensão, o zagueiro luso-brasiliero Pepe volta ao time, que não contará com Lass Diarra, Khedira e Ricardo Carvalho, machucados.

Se confirmada a classificação do Real Madrid, o time da capital pegará nas semifinais o Bayern de Munique, que despachou o Olympique de Marselha sem problemas, em duas partidas por 2 a 0. O técnico do Real, José Mourinho, havia dito que assistiria à partida dos bávaros, em vez de acompanhar a vitória do rival Barcelona, já pensando ná próxima fase da competição.
 

VEJA A REPERCUSSÃO DA LIGA DOS CAMPEÕES NA MÍDIA INTERNACIONAL

MARCA (ESP) - O jornal espanhol destacou a classificação do Barcelona, como a quinta semifinal seguida que os catalães conseguem, na Liga dos Campeões. Com o título "A inércia do campeão", o Barça é apontado como o grande favorito para a conquista do título, após eliminar o Milan, detentor de sete títulos.
BILD (ALE) - O jornal alemão destacou a classificação do Bayern de Munique sobre o Olympique. Na chamada "Olá Real! Bayern vence como rei", o time bávaro é comparado com o Real Madrid, provável adversário na semifinal, após ter vencido o APOEL por 3 a 0, dizendo que o time alemão tambem pode ser real.
La Gazzeta Dello Sport (ITA) - A imprensa italiana diz que "rigor duvidoso classifica Barcelona, mas Milan sairá por cima". O jornal italiano disse que o Barça é time de playstation e que a realidade prevaleceu sobre o sonho. Ainda aproveitou para cutucar Alexandre Pato dizendo que o brasileiro se lesionou pela 'enésima' vez e lembra que a volta de Pato durou apenas 13 minutos.

Futebol