PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Presidente esquece documentos e supervisor representará o Cruzeiro em Luque

Wagner Pires (direita) ficou no Brasil e Benecy (esquerda) representará o Cruzeiro - Cruzeiro/Divulgação
Wagner Pires (direita) ficou no Brasil e Benecy (esquerda) representará o Cruzeiro Imagem: Cruzeiro/Divulgação

Do UOL, em Belo Horizonte

17/12/2018 13h30

O presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, não conseguiu embarcar para o Paraguai para representar o clube no sorteio da Copa Libertadores da América de 2019. O mandatário esqueceu o passaporte e o RG, e precisou ficar no Brasil. Benecy Queiroz será o único representante celeste na cidade de Luque.

Wagner Pires chegou a viajar para São Paulo, utilizando a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas não conseguiu embarcar de lá para o Paraguai com o mesmo documento. Desta forma, o supervisor de futebol viajou sozinho para o país.

O sorteio da Copa Libertadores de 2019 será realizado às 21h (horário de Brasília) desta segunda-feira. Classificado como campeão da Copa do Brasil, a Raposa será cabeça de chave e descobrirá seus primeiros adversários em busca do tricampeonato da competição.

Considerado um dos favoritos nesta temporada, a equipe mineira parou nas quartas de final, eliminado para o Boca Juniors, em confronto marcado principalmente pela expulsão do zagueiro Dedé.

Futebol