PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Torcedora do River que prendeu sinalizadores em criança é detida

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

25/11/2018 23h02

O Ministério Público (MP) de Buenos Aires mandou deter, neste domingo (25), a torcedora do River Plate que foi flagrada prendendo sinalizadores em uma criança antes da final da Libertadores, contra o Boca Juniors, no último sábado. A partida foi adiada após ataque ao ônibus da equipe xeneize na chegada ao estádio Monumental de Núñez.

Leia mais:

Conmebol descarta final fora da Argentina e cita "igualdade ao River"
Com atletas machucados, presidente do Boca pede que tribunal puna River
Boca pede suspensão da final e punição contra o River Plate

A promotora Adriana Bellavigna iniciou uma investigação junto ao Órgão de Investigação de Buenos Aires (CIJ), que reconheceu a mulher do vídeo.

De acordo com nota do MP, o CIJ identificou a pessoa e apresentou os laudos à promotora, que solicitou a ordem de prisão pelo crime de colocar em risco a vida do menor, punível pelos artigos 106 e 107 do Código Penal Argentino.

“Foi fundamental o software de tratamento de imagens e o trabalho de redes sociais. Nas imagens levantadas, foi possível detectar o uso de um relógio na pessoa que colocou os sinalizadores no menor, um objeto que foi observado em outra imagem em uma rede social associada aos identificados”, diz o Ministério Público.

O mandado de prisão foi concedido pela juíza María Julia Correa, titular do Tribunal Criminal, de Violações e Ofensas nº 28.

A casa da torcedora do River também foi revistada em busca de outros sinalizadores e fogos de artifício.

Futebol